Saúde

Ambulatório de Doenças Febris Agudas do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas

Recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) desde a década de 1970, as Práticas Integrativas e Complementares em Saúde – mais conhecidas por sua sigla, “PICs” – envolvem abordagens tradicionais e alternativas, simples e de baixo custo, para a recuperação do equilíbrio físico, emocional, mental e espiritual. No Brasil, atualmente 19 práticas integram a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares do Sistema Único de Saúde (SUS), lançada inicialmente em 2006. O Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) inicia um projeto de pesquisa clínica, aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa do IOC/Fiocruz, que tem como foco investigar o impacto dessas práticas na recuperação de pacientes infectados com vírus causadores de hepatites

vacina

Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (12) pela diretoria colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O serviço já era regulamentado em alguns estados, como São Paulo, Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais e Distrito Federal. Com a decisão, que será publicada no Diário Oficial da União nos próximos dias, ela será estendida às demais unidades da federação.

A resolução também estabelece exigências para estabelecimentos de saúde que vão oferecer o serviço. Esses devem estar inscritos no Cadastro Nacional dos Estabelecimentos de Saúde (CNES), disponibilizar o calendário nacional de vacinação e os

sonda de alimentação enteral

Pesquisa rende primeiro Prêmio Capes de Tese à Faculdade de Enfermagem da Unicamp

A introdução e o posicionamento inadequado de uma sonda nasogástrica (SNG) para a alimentação enteral em adultos não é trivial e pode levar a graves complicações e inclusive à morte. Existem vários métodos desenvolvidos na prática das enfermarias para determinar seu comprimento adequado, embora não fundamentados em estudos experimentais que comprovem suas seguranças. Com vistas a enfrentar esse desafio, pesquisa realizada na Unicamp se propôs a validar um método seguro que possibilite determinar com segurança o comprimento da sonda nasogástrica (SNG) a ser introduzia para alimentação de adultos. O objetivo foi o de encontrar uma metodologia que

Dr. Aldo Toschi

Campanha da SBD estimula a população a se prevenir contra o câncer mais comum entre brasileiros

São 106 milhões de brasileiros que se expõem ao sol de maneira intencional nas atividades de lazer. E ainda, 95 milhões de pessoas no país não se protegem do sol de maneira regular. Isso inclui filtro solar, chapéu, boné ou blusas compridas. As informações são da Sociedade Brasileira de Dermatologia.
A campanha da SBD - intitulada Dezembro Laranja - existe para estimular a população na prevenção e no diagnóstico ao câncer da pele. No IBCC vamos estimular as pessoas a compartilhar nas redes sociais uma foto vestindo uma peça de roupa laranja, publicando-a com a hashtag #DezembroLaranjaIBCC.

iniciativas de combate a Aids

Nesta sexta-feira (1º/12), é celebrado o Dia Mundial de Luta contra a Aids, instituído pela Organização Mundial da Saúde (OMS) com o objetivo de despertar a atenção dos países para a doença. De acordo com o boletim epidemiológico do Ministério da Saúde divulgado no ano passado, desde o início da epidemia, em 1980, a junho de 2016, foram notificados 842.710 casos no Brasil. Apesar do número alarmante, o país é uma referência mundial no enfrentamento da doença. Para isso, ao longo desses anos, tem contado com um parceiro estratégico: o Instituto de Tecnologia em Fármacos (Farmanguinhos/Fiocruz), principal produtor público de antirretrovirais.

Há 17 anos, Farmanguinhos começava a produção do primeiro antirretroviral,

É rio ou valão?

Degradação, iniquidades socioambientais e o acesso universal à água são enfocados em É rio ou valão, destaque da programação de dezembro da VideoSaúde no Canal Saúde. O documentário teve roteiro construído coletivamente por alunos da rede pública do Rio de Janeiro, pesquisadores e ativistas ambientais. Dezembro marca também o Dia Mundial de Luta contra o HIV/Aids e o tema é debatido por meio de duas produções que tratam de prevenção e sexualidade, entre outros enfoques: Depois de ontem e Fique sabendo. As opções da programação, contudo, vão além e trazem vídeos sobre hepatite C, saúde da população LGBT e um resgate da história de uma das mais importantes unidades de

doenças cardiovasculares

Estudo vai avaliar os efeitos de medicações para prevenir problemas cardiovasculares

O Grupo de Diabetes do Serviço de Endocrinologia e Metabologia do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP), em São Paulo, busca voluntários, homens e mulheres, para participarem de estudo clínico que avaliará os efeitos de duas novas medicações para a prevenção de doenças cardiovasculares.

Os interessados devem ser portadores de algum fator de risco para doença cardiovascular (pressão alta, diabete, obesidade, fumantes, entre outros) ou já serem portadores de doenças cardiovasculares, com lesões em artérias do coração, do cérebro e em membros inferiores, comprovadas em exames.

O estudo terá duração de três a quatro

Wilson Savino

O Simpósio Internacional de Neuroinflamação, realizado entre os dias 27 e 29 de novembro, no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza, promoveu debates e palestras sobre as características físico-neurológicas que demarcam os processos inflamatórios. O evento reuniu mais de 500 inscritos que acompanharam as apresentações de palestrantes de diversas instituições nacionais e estrangeiras.

Promovido pela Fiocruz em parceria com a Universidade Federal do Ceará, com o apoio do governo do Estado, do Instituto Pasteur e do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em NeuroImunoModulação (INCT-NIM), o evento também abriu caminho para a inauguração do campus da Fiocruz Ceará, no Polo Industrial e Tecnológico da Saúde, no Eusébio, região metropolitana

Oração

Pesquisa reúne estudos e observa efeitos causados por intervenções religiosas e espirituais na saúde mental

A influência da religiosidade e espiritualidade na saúde e qualidade de vida de indivíduos é foco de interesse da sociedade há décadas. Enquanto muitos acreditam em benefícios da crença como forma complementar de tratamentos, outros enxergam nela prejuízos para os métodos da medicina tradicional. Nos últimos anos aumentou o número de pesquisas que pretendem resultados mais específicos sobre o tema. Apesar de ainda ser uma área com escassez de publicações objetivas a respeito da aplicabilidade clínica de intervenções religiosas e espirituais, alguns resultados e conclusões já podem ser analisados e pretendidos como padrões.

Nesse contexto

Eliminar a dengue

O projeto Eliminar a Dengue: Desafio Brasil (ED Brasil), conduzido pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), iniciou a liberação de mosquitos aliados nas áreas finais do município de Niterói e da Ilha do Governador, na cidade do Rio de Janeiro. A nova etapa foi iniciada no dia 21 de novembro.

Em Niterói, 13 bairros compõem a quarta e última região em que o ED Brasil irá atuar na cidade nesta primeira fase de expansão do projeto. É a área de maior densidade populacional. Nas três áreas anteriores, que incluem bairros da Região Oceânica, além de Charitas, Preventório, São Francisco e Grota, vivem cerca de 92 mil pessoas. Os bairros que compõem

Aedes aegypti

Um estudo coordenado pelo Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) está monitorando a resistência de mosquitos Aedes aegypti a inseticidas em todo o território nacional. Estão sendo espalhadas mais de 20 mil armadilhas pelo país. Realizado a partir de uma solicitação da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, o projeto é realizado em parceria com Secretarias de Saúde de todos os estados brasileiros, além das prefeituras dos 145 municípios envolvidos. São centenas de agentes de endemias capacitados na metodologia do projeto: eles coletam ovos do mosquito em diferentes regiões do território nacional e enviam o material para análise no IOC. O projeto tem previsão de duração até 2018.

“A