×

Aviso

Please enter your DISQUS subdomain in order to use the 'Disqus Comments (for Joomla)' plugin. If you don't have a DISQUS account, register for one here
Horizon

A Comissão Europeia anunciou que investirá € 30 bilhões do programa de financiamento à pesquisa e inovação Horizon 2020 nos próximos três anos.

O objetivo do Work Programme para Pesquisa e Inovação 2018-2020 é apoiar principalmente pesquisas de grande impacto em temas considerados prioritários, tais como segurança, migração, clima, energia limpa e economia digital.

A Comissão Europeia também pretende direcionar o Horizon 2020 mais para o apoio a inovação que leve a avanços importantes e à criação de novos mercados.

As pesquisas poderão ser conduzidas por pesquisadores europeus em colaboração com colegas de qualquer país. Pesquisadores, universidades, organizações de pesquisas e empresas em todo o mundo podem submeter propostas de financiamento a atividades de pesquisa e inovação.

A FAPESP mantém acordo de cooperação com a União Europeia para promover a participação científica e tecnológica brasileira no Horizonte 2020 e, no âmbito desse acordo, pesquisadores do Estado de São Paulo podem participar de todas as oportunidades oferecidas pelo Horizon 2020. Informações estão disponíveis em www.fapesp.br/9775.

Do investimento anunciado no programa, € 2,7 bilhões serão destinados à criação do Conselho Europeu de Inovação, voltado ao apoio a inovadores, empreendedores, cientistas e pequenas empresas com ideias originais e ambiciosas.

“Inteligência artificial, genética, blockchain [tecnologia que visa a descentralização como medida de segurança]: a ciência está no cerne das inovações inovadoras mais promissoras da atualidade. A Europa é um líder mundial em ciência e tecnologia e vai desempenhar um papel importante na condução da inovação. A Comissão Europeia está fazendo um esforço concertado – incluindo a criação do Conselho Europeu de Inovação – para oferecer aos muitos inovadores da Europa um trampolim para se tornarem líderes mundiais”, disse Carlos Moedas, comissário para Pesquisa, Ciência e Inovação da Comissão Europeia.

O Horizon 2020 continuará apoiando pesquisa básica por meio de ações como as Marie Marie Skłodowska-Curie actions, que destinarão € 2,9 bilhões anualmente em auxílios de três anos a pesquisadores em qualquer estágio de suas carreiras.

O Horizon 2020 também investirá € 2 bilhões no triênio 2018-2010 para promover iniciativas de open science, especialmente em sistemas livres e gratuitos voltados à publicação de artigos científicos. O investimento inclui o desenvolvimento de infraestrutura computacional, de transmissão de dados em alta velocidade e da European Open Science Cloud para armazenamento e compartilhamento de informações de pesquisas.

Em três anos desde que foi lançado, o Horizon 2020 concedeu mais de 15 mil auxílios à pesquisa, em um investimento de € 26,6 bilhões. As pesquisas financiadas incluem descobertas de exoplanetas, a comprovação do bóson de Higgs e trabalhos conduzidos por 19 ganhadores do Prêmio Nobel.

Mais informações para pesquisadores e inovadores: http://ec.europa.eu/research/participants/portal.

Agência FAPESP

Pin It