Equipe de pesquisadores

Diretora da Fiocruz Brasília, Fabiana Damásio esteve reunida, na tarde desta terça-feira (10/9), com a administradora do Plano Piloto, Ilka Teodoro, para elaboração de pesquisas e projetos que auxiliem na construção de um território saudável e sustentável em Brasília, melhoria da saúde e promoção da cidadania da população em situação de rua.

Durante a visita, Damásio apresentou a pesquisa da instituição que realizou levantamento das práticas de cuidado e georreferenciamento dos serviços prestados à população em situação de rua no Distrito Federal. O grupo de pesquisa tem realizado oficinas com representantes das 19 instituições que prestam serviços, para entender as dificuldades e ferramentas utilizadas pelos profissionais que trabalham com essa população.

O pesquisador Marcelo Pedra explicou que a metodologia de pesquisa utilizada tem contribuído para a construção de espaços de coleta de informações que se tornaram de troca e, assim, para o reconhecimento da rede de atendimento, tendo a Fiocruz como catalisadora. “Com a pesquisa, buscamos de fato contribuir com os profissionais de saúde e com a população em situação de rua”, ressaltou a diretora da Fiocruz Brasília. O projeto foi um dos vencedores do Programa Inova Fiocruz.

A coordenadora de Programas e Projetos da Fiocruz Brasília, Daniela Pereira, apresentou a pesquisa realizada desde 2015 pela Fiocruz, que identificou as estratégias de controle da tuberculose e formas de adesão ao tratamento e estimou os custos do tratamento no Rio de Janeiro, São Paulo e Distrito Federal.

A equipe de pesquisadores destacou a ausência de dados sobre a população em situação de rua, como perfil e necessidades, e os poucos estudos publicados no Brasil sobre o tema, o que dificulta a criação de políticas públicas. A administradora solicitou à Fiocruz dados das pesquisas já realizadas e um levantamento de censo da população em situação de rua para auxiliar na tomada de decisões. Para pactuação de agenda conjunta e de parcerias, será realizada reunião no início de outubro na Fiocruz Brasília.

Nathállia Gameiro
Fiocruz Brasília

Pin It