músculos humano

Estudo precisa de voluntários para avaliar dores toleráveis nas pessoas por meio de choques pontuais

Para entender melhor dores crônicas causadas pela execução de movimentos e alguns mecanismos que podem estar relacionados à manutenção da dor, Rafael Alaiti, doutorando do Programa em Neurociências e Comportamento da USP desenvolve pesquisa sobre a relação entre movimento e dor. Seu objetivo é analisar como alguns parâmetros de movimentos de determinados músculos se modificam pela indução da dor através de choques elétricos.

Em sua fase atual, o estudo está recrutando pessoas para passarem por esse experimento como voluntárias. O doutorando assegura que a intensidade dos choques será calibrada individualmente para cada pessoa. Assim, serão produzidas apenas dores pontuais durante o movimento e que não são capazes de induzir a nenhum tipo de lesão.

Aqueles que podem participar são indivíduos sem nenhuma queixa de dor. Os interessados devem comparecer ao Laboratório de Comportamento Humano do Instituto de Psicologia (IP) da USP – sala C6 do Bloco F, na Av. Professor Mello de Morais, 1.721, campus Cidade Universitária, onde as coletas estão sendo realizadas.

Os critérios de exclusão para o experimento são: ter alguma dor no momento do teste, utilizar medicação analgésica no dia do teste ou alguma medicação que possa alterar a sensibilidade da pele, história de dor crônica, possuir algum déficit sensorial ou psicológico grave, usar marcapasso e ter praticado atividade física no dia da coleta.

Os resultados da pesquisa visam a levantar hipóteses para pesquisas clínicas, que tentam prevenir e/ou reverter as queixas de dores a partir de movimentos do corpo em pacientes reais. Dessa forma, é possível elaborar tratamentos mais específicos e eficazes.

Os interessados podem entrar em contato com Rafael Alaiti pelo e-mail This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it. ou pelo celular (11) 99830-6952.

Jornal Da USP

Pin It