Saúde

Cabergolina

O Instituto de Tecnologia em Fármacos (Farmanguinhos/Fiocruz), unidade da Fiocruz responsável pela fabricação de medicamentos, finalizou a produção de lotes-piloto do Cabergolina 0,5mg, indicado para controle da hiperprolactinemia. Trata-se de mais um fruto de Parceria de Desenvolvimento Produtivo (PDP) que a unidade conclui este ano. Com isso, a instituição passará a ofertar na rede pública de saúde esse importante fármaco para pacientes que sofrem dessa anomalia causada pela produção elevada de prolactina, também conhecida como hormônio do leite - quando está presente no sangue em alta dosagem, pode trazer várias consequências à saúde da mulher, como o bloqueio da menstruação, causando infertilidade.

A fabricação pública foi viabilizada por uma PDP, na qual a indústria nacional Cristália

socorristas das torres gêmeas

Socorristas que atuaram nos resgates do atentado de 11 de setembro de 2001, em Nova York, tiveram incidência três vezes maior de câncer de tireoide do que o esperado para a população em geral.

A comprovação do aumento se deu com o uso de um método que emprega quatro biomarcadores capazes de distinguir expressões genéticas ligadas a tumores benignos e malignos. Os testes, desenvolvidos por pesquisadores da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) em colaboração com a Johns Hopkins University School of Medicine, nos Estados Unidos, teve apoio da FAPESP por meio do Projeto Temático "Sequenciamento completo do exoma, Paired-end RNA e genoma".

Os motivos desse aumento da incidência de câncer de tireoide, revelado

Boletim denuncia

As manobras da indústria do tabaco a fim de 'capturar' processos políticos e legislativos e o exagero na sua importância econômica para o país estão na pauta da quinta edição do Boletim do Observatório sobre as Estratégias da Indústria do Tabaco, da Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz). O editorial traz a mensagem da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco (FCTC, na sigla em inglês) da Organização Mundial da Saúde (OMS) parabenizando a ação da AGU, que objetiva indenização, por parte das empresas de tabaco, dos custos sociais e econômicos resultantes de doenças relacionadas ao fumo. 

No artigo Consumo global de cigarro em queda leva agroindústria do tabaco para ofensiva, o jornalista Alexandre Carvalho, da Comissão Nacional

Criança

Pesquisa da Fiocruz revela que crianças expostas ao vírus zika podem ter atrasos no desenvolvimento e alterações neurossensoriais no segundo ano de vida. O estudo, que avaliou 216 crianças durante dois anos, constatou também que o desenvolvimento neurológico é menor do que o normal em crianças expostas ao vírus nas primeiras semanas da gestação, enquanto as crianças que tiveram exposição nas últimas semanas, apresentaram menos complicações.

Entre as crianças acompanhadas pelos pesquisadores, haviam oito casos de microcefalia. Destes, dois voltaram a ter um crescimento adequado do perímetro cefálico: um bebê, que no período intrauterino apresentava restrição, teve o seu crescimento restabelecido e o outro foi submetido a uma cirurgia craniana que abriu as suturas que

cultivo tridimensional

Quimioterapia com cisplatina, substância que causa danos ao DNA das células cancerosas, é amplamente utilizada no tratamento de pacientes com câncer de ovário, bexiga, garganta, esôfago, entre outros; mas não funciona para um dos mais frequentes na população brasileira, o de mama.

Ao estudar células mamárias em culturas tridimensionais (3D), pesquisadores do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP) observaram que, com o DNA lesionado pela cisplatina, esse tipo de câncer ativa uma enzima que permite o crescimento do tumor a despeito dos estragos no material genético. A associação de um inibidor enzimático à quimioterapia levou mais células cancerosas à morte.

Foi um longo caminho até a descoberta. Embora o câncer de

cultura de células

A busca pela eliminação da malária tem como base a combinação de medidas que visam tratar os pacientes e impedir a transmissão da doença. Uma nova pesquisa aponta que uma molécula investigada para tratamento do câncer pode contribuir para alcançar este objetivo. Em camundongos, considerados modelo para estudo da malária cerebral, complicação mais grave da infecção, a administração do composto conhecido como DON (6-diazo-5-oxo-L-norleucina) reduziu significativamente a presença dos parasitos Plasmodium no sangue, prevenindo a morte dos animais e bloqueando a transmissão para os mosquitos.

“A pesquisa mostra que o composto interrompe o ciclo de vida do parasito. Com o tratamento, o desenvolvimento do Plasmodium no interior das hemácias [células sanguíneas] é bloqueado. Portanto, os

GT internacional

Os arbovírus são vírus transmitidos através da picada de insetos e causam diversas doenças. Dentre as mais conhecidas no Brasil, estão dengue, zika e chikungunya. Outras arboviroses, como mayaro e o’nyong-nyong, menos populares, mas que também possuem grande potencial para provocar epidemias, têm chamado a atenção da comunidade científica, com o surgimento de primeiros casos dessas doenças em algumas regiões onde antes não havia.

Um grupo de trabalho composto por pesquisadores de diversos países – denominado Colaboração Global de Pesquisa para Prevenção de Doenças Infecciosas (GloPID-R) – foi formado para investigar a história natural, a epidemiologia e o manejo médico nas infecções por chikungunya, mayaro e o’nyong-nyong. O objetivo foi identificar lacunas de conhecimento, propor

Pramipexol

O Instituto de Tecnologia em Fármacos (Farmanguinhos/Fiocruz) iniciou a distribuição do dicloridrato de pramipexol, medicamento usado no tratamento de pacientes com doença de Parkinson. No total, serão enviadas mais de 20 milhões de unidades farmacêuticas para atender a uma demanda emergencial solicitada pelo Ministério da Saúde a fim de suprir a falta momentânea no Sistema Único de Saúde (SUS).

Essa distribuição emergencial demonstra a capacidade técnica da instituição, que, mais uma vez, atua de forma estratégica para o país, possibilitando o acesso dos pacientes ao tratamento na rede pública de saúde. O pramipexol é fruto de uma Parceria de Desenvolvimento Produtivo (PDP), em que a farmacêutica multinacional Boehringer Ingelheim transfere a tecnologia para Farmanguinhos.

Segundo o

Lucia Monteiro

Já não há dúvidas, a Bexiga Neurogênica (BN) está entre as complicações relacionadas à Síndrome Congênita do Zika Vírus (SCZV), de acordo com os novos resultados da pesquisa realizada no Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz). Uma recente publicação se soma ao estudo publicado em março de 2018, que apresentou à comunidade científica internacional a BN como uma sequela da SCZV.

Estes novos resultados, que focam no aspecto urodinâmico do problema, foram decorrência da continuidade e aprofundamento da pesquisa iniciada em 2016 pelo Ambulatório de Urodinâmica Pediátrica do IFF/Fiocruz. No artigo, intitulado Neurogenic bladder in the settings of congenital Zika syndrome: a confirmed and unknown condition for

pacientes com HIV

A tuberculose é a principal causa de morte entre as pessoas infectadas pelo HIV. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2017 foram registrados dez milhões de novos casos da doença no mundo e 300 mil mortes apenas entre Pessoas Vivendo com HIV/Aids (PVHA). Neste cenário, duas medidas para redução do risco de tuberculose ativa nesta população são de extrema importância: início imediato de Terapia Antirretroviral Combinada (TARc) e Tratamento da Infecção Latente por Tuberculose (ILTB) – condição em que o indivíduo possui a infecção por tuberculose sem qualquer indicio de doença ativa. Um tratamento de ILTB de um mês de duração oferece uma alternativa ao preconizado pela OMS - isoniazida (INH) por seis a

Simpósio de Hepatites Virais

O ambulatório de Hepatites Virais do Centro de Pesquisa em Medicina Tropical de Rondônia (Cepem) alcançou, em 2019, o número de 7.377 pacientes crônicos cadastrados. Só neste ano, entre os meses de janeiro e junho, 130 novos casos foram registrados no ambulatório, a maioria de hepatite B. A doença não tem cura e o tratamento tem muito a avançar.

Os dados foram apresentados durante o 1º Simpósio de Hepatites Virais de Rondônia, promovido pela Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e pela Fiocruz Rondônia, entre os dias 3, 4 e 5 de julho, em Porto Velho. O evento contou com a participação de mais de 200 pessoas, entre estudantes, pesquisadores e profissionais da saúde, de