Moda

WeAr Festival

Cientistas e estilistas que estão transformando em realidade o que antes era figurino de ficção científica se encontram no WeAr Festival, que chega à terceira edição. Com palestras e oficinas, o festival acontece dia 9 de novembro no Istituto Europeo di Design (IED) de São Paulo e, nos dias 9 e 10 de dezembro no IED do Rio de Janeiro.

Entre os destaques da programação está a grife pioneira dos wearables de luxo, a dupla inglesa CuteCircuit, que desde 2004 usa têxteis inteligentes e microeletrônica para ampliar o limite da inovação na moda. A CuteCircuit é um laboratório de onde saem novas ideias que integram beleza e funcionalidade a roupas e acessórios. Entre as

livro sobre moda

Trabalho é uma investigação sobre as fontes de estudo da indumentária e da moda

Acaba de ser disponibilizada no Portal de Livros Abertos da USP a obra Para documentar a história da moda: de James Laver às blogueiras fashion, escrita por Fausto Viana, professor da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP.

O trabalho é uma investigação sobre as fontes de estudo da indumentária e da moda, transitando pelo passado, presente e futuro das possibilidades de pesquisas de trajes, percorrendo registros de informações e indagações que contam uma trajetória a abarcar desde múmias a redes sociais e blogs, tudo isso ilustrado com um farto material iconográfico.

Entre as questões fundamentais analisadas pelo autor estão as razões

evento de moda

De 14 a 17 de setembro, o Shopping Grande Rio, em São João de Meriti, será palco do maior evento de moda da Baixada Fluminense. Em sua primeira edição, o MODA+ reúne comportamento, tendência, produtos, preço e cultura apresentados em três plataformas de conteúdo: o Palco+, a Arara Liqui e o Moda+Lab.

O Palco+ será o coração do evento. O local receberá uma programação intensa que contará com desfiles, bate-papos e intervenções. A Arara Liqui será montada dentro de algumas lojas do shopping, onde serão ofertadas peças com preços superpromocionais. O Moda+Lab acontecerá dentro do espaço CoLabore, que oferecerá aos participantes oficinas e workshops. Uma das atrações principais será o apresentador Arlindo Grund, do

Fashion Week

A obra “Cidade concreta e virtual”, do estudante de Têxtil e Moda Marlon Leal foi uma das selecionadas em concurso

São Paulo Fashion Week (SPFW), realizado nesta semana na Fundação Bienal, localizada no Parque Ibirapuera, em São Paulo. A Escola foi representada pelo aluno Marlon Leal, que cursa Têxtil e Moda e que aproveitou a oportunidade para mostrar um pouco da sua criatividade com um quadro de arte têxtil.

A obra Cidade concreta e virtual, feita com a técnica de bordado sobre tela em tecido, busca transmitir “a mensagem de ode ao construtivismo, a relação simbólica entre a materialidade têxtil, os diferentes tecidos e as formas arquitetônicas, a criação de uma cidade futurista concreta, física, e

Alunas USP

Formadas em Moda e Têxtil, elas integraram equipe vice-campeã do “Hackathon WeAr + C&A”

As ex-alunas do curso de Moda e Têxtil da Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) da USP, Érica Mayyumi, Priscila Satake e Winnie Ohara, com os engenheiros Gabriel Henrique e Milton Morita, produziram uma bolsa antifurto, capaz de avisar ao usuário quando o zíper é aberto sem autorização. A bolsa garantiu ao grupo o vice-campeonato do primeiro Hackathon WeAr + C&A do Brasil

A bolsa, desenvolvida pela Manus Handmade, nome dado à equipe, é capaz de emitir um aviso, via bluetooth, para o smartphone do usuário toda vez que é aberta, além de acender iluminações internas e externas de

Corantes naturais

Um mestrado orientado no Laboratório de Tecnologia Têxtil do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) tem como objeto de estudo o extrato das cascas de seis espécies de árvores nativas, visando a sua aplicação como corantes em têxteis. Segundo a pesquisadora responsável pelo projeto, Patricia Muniz dos Santos Silva, mestranda do curso de Têxtil e Moda da Universidade de São Paulo, o objetivo é encontrar alternativas mais sustentáveis e menos agressivas ao meio ambiente e à saúde humana para tingir tecidos, além de incentivar a produção local de acordo com a disponibilidade das espécies.

“Hoje, em geral, as indústrias têxteis usam corantes sintéticos, derivados do petróleo”, afirma a pesquisadora, integrante do Programa Novos Talentos, do

calcado infantil

Até o dia 5 de abril, o Shopping Bay Market promove uma feira de calçado Infantil, em parceria com a marca FunShoes, das 10h às 22h. A empresa é especializada no segmento de calçados infantis, voltada para crianças de até 5 anos de idade. A entrada é gratuita e acontece em um espaço localizado no 1° piso, próximo à entrada do shopping.

A FunShoes possui 50 lojas e desenvolveu a exclusiva tecnologia confort, que possibilita um calçado mais flexível e confortável. Durante a feira, os clientes do Bay Market poderão encontrar preço único e diferenciado em vários modelos da marca.

“Nossa proposta com a feira é possibilitar que nossos clientes encontrem no espaço produtos

Moda masculina infantil

Sabe a moda infantil masculina cheia de roupinhas engraçadinhas, coloridinhas, com estampas de bichinhos, personagens de cartoons e super-heróis? Ela ainda tem influência, mas isso vem mudando com o passar do tempo.

Semanas de moda que acontecem pelo mundo afora apresentam ao público masculino opções modernas que começam a ser replicadas na moda infantil. As composições dos looks parecem complicadas, mas não são. O uso de peças comuns do dia a dia composto por alguns acessórios fazem toda diferença.

Muitas mães de meninos têm dificuldade em encontrar alternativas de moda masculina uma vez que a indústria da moda dá ênfase às mulheres. Pensando nisso, a agência de modelos Max Fama fez um ensaio fotográfico

vestido

Em um jogo envolvente, a Maria.Valentina traz para a temporada peças que se inspiram na poética gypsy e se misturam a alfaiatarias leves, que ainda recebem o metalizado do dourado. Tons naturais também figuram na paleta, esmaecidos pelas histórias desse povo nômade. Verde, vermelho, amarelo e tons terrosos convivem em harmonia com estampas inspiradas em cerâmicas e tapeçarias.

Shapes afastados do corpo providenciam uma silhueta sofisticada e descontraída, que é ajustada pelas coberturas imprescindíveis da estação: parkas, bombers noturnas e blazers cheios de requinte. Sensuais, as peças mais noturnas trazem rendas e detalhes flocados, além de texturas e tramas que convivem com tecidos de caimentos despretensiosos.

Item indispensável das inúmeras descobertas e viagens, o

sapatos

Levantamento auxilia segmentação de mercado ao quantificar quanto cada característica de um calçado influencia no seu preço

Há muito que os sapatos deixaram de ser apenas um item para proteger os pés. Com a evolução da moda ao longo dos séculos, eles se tornaram objetos de desejo tidos como capazes de expressar a personalidade de quem os calça e demonstrar seu status econômico. O apelo que cerca esses acessórios chamou a atenção de Alexandre Mendes da Silva, doutor pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da USP, que realizou um estudo sobre preços hedônicos de calçados sociais masculinos.

A palavra hedonismo, de maneira muito simplificada, se refere a uma concepção filosófica que valoriza a busca do

Pool Party

Visuais elegantes são os mais indicados para esse tipo de festa

Sabemos que daqui para frente os dias serão bem quentes e alguns cuidados precisam ser tomados. Hidratação e protetor solar não podem faltar para deixar a saúde em ordem. E, para refrescar ainda mais, as famosas pool parties estão com tudo. Afinal, esse tipo de festa é uma ótima maneira de se divertir, juntar a galera e ainda se refrescar na piscina.

Porém, para algumas mulheres a pergunta ‘Com que roupa eu vou?’ vem à tona no momento do convite. Por ser uma festa descontraída e em volta da piscina, as roupas beachwear são as mais indicadas, claro. Mas, alguns elementos podem transformar