facelift Facebook

Fenômeno das redes sociais aumenta número de cirurgias plásticas

A moda dos selfies tem contribuído para o aumento da procura por operações plásticas. Estudo realizado pela Academia Americana de Cirurgia Facial Plástica e Reconstrutiva (AAFPRS) no inicio de 2015, mostra que um em cada três cirurgiões plásticos americanos perceberam o aumento da procura dos procedimentos estéticos faciais por clientes que se preocupam com a aparência nas redes sociais. “Isso pode explicar o aumento de 10% do número de cirurgias de rinoplastia realizadas nos EUA em 2014, em comparação com o mesmo período de 2013. Além dos procedimentos no nariz, houve o aumento de 7% de transplante de cabelos e 6% em cirurgias da pálpebra”, diz o cirurgião plástico Renato Tatagiba, Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Segundo Tatagiba, o selfie mudou a forma das pessoas se verem, o que as faz serem mais exigentes com a aparência.  A rede ABC , por exemplo, noticiou que a americana Triana Lavey, de 38 anos, gastou US$ 15 mil em plásticas para sair mais bonita nas fotos e os cirurgiões americanos já chamam esse fenômeno de “facelift  facebook”.

“O termo facelift  faceboock vem confirmar que as redes sociais viraram um fenômeno. As pessoas estão postando e publicando as fotos pessoais e começam a se incomodar com detalhes que antes passavam despercebidos. Este mês operei uma paciente e assim que retirou o curativo, mesmo ainda com o local um pouco inchado, fez questão de postar diversas fotos do novo nariz no facebook e no instagram” diz o médico.

Tatagiba

Os procedimentos mais procurados de acordo com Renato Tatagiba e ainda a rinoplastia, que pode inclusive rejuvenescer a face e adiar a plástica total do rosto, o que é comprovado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, que afirma haver um aumento considerável no número de procedimentos no decorrer de 2014 para 2015.
Entretanto, o cirurgião alerta que cirurgia plástica requer preparação assim como o tempo de recuperação.

“A recuperação é uma das questões que mais contribuem para o sucesso do resultado cirúrgico”, garante Renato Tatagiba. Na maioria das vezes, o paciente precisa esperar cerca de um mês para voltar à atividade física normal. No caso da rinoplastia, ou cirurgia plástica de nariz, o paciente precisa esperar até 2 meses para realizar qualquer esforço físico que ofereça risco de machucar a região operada.  Para Tatagiba, não é raro os pacientes se frustrarem com o resultado da cirurgia logo nos primeiros dias. E o motivo é fácil de ser explicado. “Toda e qualquer cirurgia plástica tende a provocar um inchaço, que deforma a região operada. Por isso, se o paciente não for corretamente orientado pelo médico, poderá ficar frustrado”, afirma. Mas o inchaço, tranquiliza Renato Tatagiba, tende a sumir a partir do terceiro dia. E a desaparecer por completo, duas semanas depois.

Serviço:
Barra da Tijuca
Avenida João Cabral de Melo Neto, 850 – sala 1329- bloco 3
Tel: 3572-8222/ 3429-7224
Macaé
Rua Velho Campos, 346, Centro.
Tel: 99721-4577
Rio das Ostras
Rua Penambuco, 77- extensão do Bosque.
Tel: 3324-6567/ 99994-3536
Campos
Rua treze de maio, 286 – sala 112 – Ed Medical Center- Centro.
Tel: 22 2723-1944/ 22 2733-9656.

Pin It