Chamadas estão relacionadas a terapias para doenças metabólicas, doenças negligenciadas, bioeconomia, entre outras

Os prazos de quatro chamadas lançadas pela FAPESP terminam nos próximos dias. Interessados em participar podem submeter propostas até os dias: 26 de junho, para as chamadas com o Ministério de Educação e Pesquisa da Alemanha (BMBF) e com AstraZeneca/MedImmune; 1º de julho para o Medical Research Council (MRC) do Reino Unido; e 2 de julho para o também britânico Economic and Social Research Council (ESRC).

Na chamada com AstraZeneca/MedImmune serão apoiadas pesquisas para o desenvolvimento de terapias inovadoras para doenças metabólicas e doenças cardiovasculares, com um total de até US$ 2,4 milhões.

As propostas devem enfocar tecnologias e abordagens que ampliem as fronteiras da ciência e pesquisa aplicada que tenha valor translacional para o desenvolvimento de terapias inovadoras em doenças metabólicas e doenças cardiovasculares.

As propostas devem seguir as normas do Programa FAPESP de Apoio à Pesquisa em Parceria para Inovação Tecnológica (PITE). A duração dos projetos de pesquisa selecionados poderá ser de até 36 meses.

A chamada de propostas (em inglês) está disponível em: www.fapesp.br/9337.

A chamada da FAPESP com o BMBF está aberta a pesquisadores de universidades, de institutos de pesquisa e do setor industrial, no Estado de São Paulo e na Alemanha, que conduzam estudos na área de bioeconomia.

Podem ser submetidas propostas que se enquadrem nos tópicos de pesquisa: 1) Agricultura sustentável; 2) Produção de alimentos: processamento e embalagem de alimentos, com foco em processos e materiais sustentáveis (que economizem energia e reduzam perdas); 3) Conversão/processamento de biomassa derivada de produtos não alimentícios em bioprodutos.

A duração dos projetos de pesquisas selecionados poderá ser de até 36 meses. Mais informações: www.fapesp.br/9398.

Colaboração com o Reino Unido

Pesquisas sobre doenças infecciosas negligenciadas serão apoiadas na chamada da FAPESP com o MRC, articulada pelo Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap). A participação do Reino Unido ocorre no âmbito do programa Newton Fund.

Pesquisadores no Reino Unido contarão com até £ 2,2 milhões para a chamada, para o financiamento dos projetos selecionados. O total disponibilizado aos pesquisadores britânicos terá uma contrapartida equivalente das fundações de amparo à pesquisa estaduais (FAPs), que financiarão os colaboradores brasileiros.

As agências envolvidas esperam selecionar de 8 a 12 projetos, cada um com duração de 36 meses. O valor do financiamento dependerá das necessidades do projeto de pesquisa.

A chamada de propostas está publicada em: www.fapesp.br/9397.

A quarta chamada cujo prazo está terminando é a lançada pela FAPESP com o ESRC, para projetos colaborativos entre pesquisadores do Estado de São Paulo e do Reino Unido nas áreas de “Vida Urbana Saudável” e “Ciências Sociais do Nexo Alimentos-Água-Energia”.

A chamada é parte do compromisso do Newton Fund em desenvolver parcerias bilaterais em pesquisa e tem apoio das FAPs e articulação do Confap.

No Reino Unido, a chamada tem apoio adicional do Arts and Humanities Research Council (AHRC) e do MRC – para “Vida Urbana Saudável” – e do Science and Technology Facilities Council (STFC) – para “Ciências Sociais do Nexo Alimentos-Água-Energia”.

Para financiar os projetos selecionados, os seguintes orçamentos estão disponíveis:

1) “Vida Urbana Saudável”: até £ 2,5 milhões – oferecidos pelo ESRC, pelo MRC e pelo AHRC – para apoiar pesquisadores no Reino Unido, com contrapartida equivalente em empenho (não necessariamente em recursos monetários, considerando custos diferentes em salários e bolsas entre o Brasil e o Reino Unido) das FAPs que financiarão os colaboradores brasileiros.

2) “Ciências Sociais do Nexo Alimentos-Água-Energia”: até £ 1,25 milhão, oferecido pelo ESRC para apoiar pesquisadores no Reino Unido, também com contrapartida equivalente em empenho das FAPs no Brasil.

As propostas no Estado de São Paulo serão selecionadas pela FAPESP e apoiadas por meio de Projetos Temáticos. Excepcionalmente para a chamada, a duração dos projetos selecionados poderá ser de até 36 meses.

Interessados devem enviar propostas à FAPESP até as 12h (de Brasília) do dia 2 de julho de 2015.

A chamada de propostas está publicada em: www.fapesp.br/9463.

Agência FAPESP

Pin It