Print
Category: Notícias
Prêmio de Inovação

A quinta edição do Prêmio de Inovação do Grupo Fleury (PIF) está com inscrições abertas até 30 de setembro de 2019 para pesquisadores e empreendedores do setor de saúde.

A atual edição, além da premiação de artigos com o uso de metodologias relacionadas com genômica, proteômica, metabolômica e/ou radiômica, promoverá um desafio de aplicações para a análise de exoma e um prêmio para startups de saúde. Exoma é a fração do genoma que contém os genes codificadores de proteínas.

Na categoria “Artigo Científico” podem se inscrever autores ou coautores de trabalhos acadêmicos que usam as plataformas de genômica, proteômica, metabolômica e/ou radiômica, publicados a partir de 2018 em revista científica. Os artigos submetidos serão avaliados por uma banca sob os critérios de originalidade, relevância clínica, inovação e fator de impacto da revista.

Serão aceitos trabalhos desenvolvidos no Brasil ou em colaboração com instituição nacional que não participaram das edições anteriores do prêmio e que não tenham recebido qualquer tipo de aporte do Grupo Fleury. Os finalistas serão convidados a fazer a apresentação de seus artigos na data da cerimônia de premiação, em 21 de novembro, no auditório do Inovabra habitat, em São Paulo.

Pesquisadores independentes ou equipes de alunos regularmente matriculados em cursos de graduação e pós-graduação stricto sensu em instituições de ensino nacionais podem se inscrever também na categoria “Desafio”, que propõe a solução para a questão “Quais outras possíveis aplicações práticas em benefício do indivíduo e/ou da sociedade podem advir do mapeamento do exoma humano”?

Os finalistas serão escolhidos por uma banca avaliadora com base na originalidade, relevância clínica e inovação na aplicação proposta e não podem ter vínculo com o Grupo Fleury. Também serão convidados a fazer a apresentação oral de seus projetos.

O PIF também premiará empreendedores que desenvolvem novas soluções direcionadas para o mercado de saúde, priorizando o paciente, na categoria “Startups”. Um dos critérios de análise é a aplicação da solução dentro da área de diagnóstico, monitoramento da saúde, bem-estar e prevenção, atendimento, tratamento e recuperação e/ou acompanhamento.

As cinco startups finalistas serão convidadas a fazer um pitch (apresentação) de suas soluções em sessão aberta ao público. Para a inscrição, é necessário que as empresas possuam CNPJ ativo, não tenham vínculo com o Grupo Fleury e que todos os integrantes tenham mais de 18 anos.

Os vencedores nas categorias “Artigo” e “Desafio” receberão prêmios de R$ 10 mil cada. Haverá ainda o reconhecimento de trabalhos escolhidos por voto popular, um em cada categoria, que serão premiados com troféus. Já as três melhores startups, selecionadas por banca avaliadora e voto popular, farão parte do ranking Fleury de startups. A empresa com a melhor soma de pontos ganhará apoio do Grupo Fleury e mentoria da aceleradora The Bakery Brasil.

Os interessados podem se inscrever na plataforma Fleury Lab. A divulgação dos finalistas também será disponibilizada no site até 1º de novembro.

Mais informações: https://fleurylab.com.br/landing-pages/premio-inovacao-fleury/.

Agência FAPESP

Este texto foi originalmente publicado por Agência FAPESP de acordo com a licença Creative Commons CC-BY-NC-ND. Leia o original aqui.