Adilson Jesus Aparecido de Oliveira

O vencedor da primeira edição do Prêmio Ernesto Hamburger, oferecido pela Sociedade Brasileira de Física (SBF), é Adilson Jesus Aparecido de Oliveira, professor do Departamento de Física da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).

Especialista em magnetismo e materiais magnéticos, Oliveira atua como coordenador de Difusão do Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF), um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) da FAPESP, e também do Centro de Inovação em Novas Energias (CINE), um Centro de Pesquisa em Engenharia (CPE) apoiado pela FAPESP e pela empresa Shell.

Desde 2006, Oliveira coordena em parceria com a jornalista Mariana Pezzo a equipe do Laboratório Aberto de Interatividade (LAbI) da UFSCar, responsável pela produção de instalações interativas, concertos, radionovelas e outros conteúdos de difusão científica em diversas plataformas audiovisuais. Seus projetos de divulgação já captaram mais de R$ 3 milhões em recursos.

Oliveira começou a apresentar palestras para o público geral e a escrever textos de divulgação científica ainda na adolescência e, em 2006, tornou-se colunista da revista Ciência Hoje, tendo assinado mais de 200 ensaios de difusão. A comissão do Prêmio Ernesto Hamburger levou em consideração a qualidade, a relevância e a abrangência de sua obra.

Criada pela SBF em 2018, em homenagem ao físico e divulgador de ciências brasileiro Ernesto Wolfgang Hamburger (1933-2018), a premiação tem como objetivo reconhecer trabalhos de popularização das ciências físicas.

O prêmio consiste em um diploma, passagem aérea e hospedagem para participar da Reunião Anual da SBF, durante a 71ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), em Campo Grande (MS). A comissão julgadora também concedeu menções honrosas aos trabalhos dos físicos Luís Carlos Bassalo Crispino, professor da Universidade Federal do Pará (UFPA), e Mikiya Muramatsu, professor da Universidade de São Paulo (USP).

Agência FAPESP

Este texto foi originalmente publicado por Agência FAPESP de acordo com a licença Creative Commons CC-BY-NC-ND. Leia o original aqui.

Pin It