Vitrine da Embrapa na Agrobrasília

De 14 a 18 de maio, será realizada a edição 2019 da Agrobrasília – Feira Internacional dos Cerrados. O evento é promovido pela Cooperativa Agropecuária da Região do Distrito Federal (Coopa-DF). Na edição deste ano são esperados cerca de 120 mil visitantes no Parque Tecnológico Ivaldo Cenci, localizado a 60 Km de Brasília. A Embrapa estará presente na Feira com estande e vitrine de tecnologias, além de palestras de pesquisadores em espaços de parceiros e dia de campo.

O estande e a vitrine estão montados num mesmo espaço. Na vitrine, serão apresentadas cultivares de forrageiras, mandioca, girassol, trigo, soja, maracujá, além de hortaliças, milho, milheto, sorgo e frutas integradas com lavoura e hortaliça (Sistema Filho). Nos painéis descritivos de cada tecnologia, os visitantes terão acesso a um QR Code que fornecerá mais informações sobre a tecnologia, em texto e áudio. 

Já no estande, participarão dos atendimentos as seguintes Unidades: Embrapa Agroenergia, Embrapa Cerrados, Embrapa Hortaliças e Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia. No local, os visitantes terão acesso a informações sobre produção de mudas e processamento do óleo da macaúba, formulação de lignina kraft para controle de pragas agrícolas, bioinseticida para controle de lagarta da soja, tecnologia verde baseada na associação de extrato vegetal nematotóxico e biofertilizante, informações sobre a cultivar BRS Toro - grão de bico adaptado às condições tropicais, dentre outras. 

A Embrapa também marcará presença no Espaço de Valorização da Agricultura Familiar (EVAF) organizado pela Emater-DF. Pesquisadores atenderão os agricultores na Estação de Gestão Ambiental e no Sistema Agrossilvipastoril Orgânico de Leite. Também estão programadas palestras de pesquisadores da Embrapa em estandes de outras instituições parceiras. 

Eventos - durante a Feira serão lançadas no espaço da vitrine/estande cultivares de soja e de maracujás ornamentais. No dia 15, às 10h, será lançada a cultivar de soja BRS 7581RR. Desenvolvida em parceria com a Fundação Cerrados, a cultivar possui alta estabilidade de produção nas regiões produtores de soja no Cerrado, ciclo precoce, resistências ao herbicida glifosato e às raças 1,3,5 e 14 do nematoide do cisto da soja – NCS (Heterodera glycines). 

Quanto aos maracujás ornamentais, serão lançadas a BRS Céu do Cerrado e BRS Rosea Púrpura, além de apresentadas as cultivares BRS Estrela do Cerrado, BRS Rubiflora e BRS Roseflora. Essas cultivares estão sendo disponibilizadas para os produtores como alternativa para ornamentação e paisagismo por sua beleza devido às cores vibrantes de suas flores. As flores das duas primeiras são azul e rosa, respectivamente, já as das três últimas, vermelhas. Maracujás ornamentais representam mais uma alternativa de renda para o produtor rural. Esses lançamentos serão no dia 16, às 10h.

Na sexta-feira (17), às 9h, será realizado o Dia de Campo sobre Integração Lavoura-Pecuária-Floresta com foco na produção de leite. As estações abordarão temas como produtividade e conforto térmico de bovinos leiteiros em sistema de ILPF, Leite A2A2 – agregação de renda e benefícios para a saúde humana, e produção de leite orgânico em sistemas de ILPF. O evento ocorrerá na Unidade de Referência Tecnológica de ILPF implantada no espaço da Agrobrasília. 

De acordo com o presidente do Comitê Gestor da Feira, Ronaldo Triacca, as expectativas para o evento são as melhores possíveis. “Primeiro porque o ânimo do empresário rural está renovado, com esperança de um país melhor. Segundo, porque a safra, principalmente do Brasil Central, já colhida, foi muito boa, tudo indica que teremos recorde na safrinha, e os preços dos principais produtos estão num bom patamar. Tudo isso, somado ao fato de que a edição da AgroBrasília já esgotou os espaços para exposição há 60 dias do evento, a expectativa é de que façamos uma AgroBrasília ainda maior, com recordes à vista”.

Juliana Caldas (MTb 4861/DF) 
Embrapa Cerrados, com informações da Assessoria de Imprensa da Agrobrasília

Pin It