Cinema

Babe, o Porquinho Atrapalhado

A convivência com os animais faz parte da vida humana desde a pré-história. O que se resumia a uma relação entre caça e caçador foi evoluindo para a domesticação, até chegar ao que existe hoje: se, por um lado, algumas espécies continuam sendo vistas apenas como fonte de alimento, hoje produzido em nível industrial, por outro, bichos como cachorros e gatos são levados para dentro de casa e recebem carinho tanto quanto amigos ou parentes.

Na nova mostra do Cinema da USP Paulo Emílio (Cinusp), a relação entre homem e animais será o tema principal. Nossos Melhores Amigos fica em cartaz desta segunda-feira, dia 22, até 12 de maio, trazendo uma seleção com diversos filmes

Ecofalante

Estão abertas até 11 de março de 2019 as inscrições para o concurso curta Ecofalante da 8ª Mostra Ecofalante de cinema ambiental, que é gratuita e será realizada em São Paulo, em junho de 2019.

Os filmes selecionados para o Concurso Curta Ecofalante concorrerão em três categorias: Universitário, Ensino Técnico e Cursos Livres de Cinema (com prêmio de R$ 3.000); Ensino Médio; e Melhor Filme pelo Público.

Serão aceitas obras brasileiras, finalizadas a partir de 2017, sem restrições quanto a gênero, com no máximo 30 minutos de duração. Os filmes devem tratar de temáticas ambientais como: energia, água, mudanças climáticas, consumo, povos e lugares, ativismo ambiental, resíduos sólidos, contaminação ou poluição, políticas públicas socioambientais, mobilidade,

Pequena Sereia

Curso: Introdução ao Cinema Independente e Produção de Curta-metragem

Com Evandro Souza

O curso tem como objetivo apresentar formas variadas de produção, fazendo um panorama geral da produção cinematográfica brasileira e independente. Além, é claro, de produzir um curta-metragem criado pelos participantes desde a concepção do roteiro, dando a oportunidade para que todos conheçam e pratiquem de forma rotativa cada etapa da produção.

Evandro Souza é graduado em Produção Audiovisual. Entre os trabalhos, destacam-se o videoarte "Corpo Avulso", semifinalista do Global Short Film Awards, em NY, e exibido em outros cinco festivais internacionais; o documentário "Sobre os Trilhos da História", exibido em quatro eventos em Istambul, na Turquia, entre outros; e os curtas-metragens "Móvito" e

Alice in Wonderland

Adulto

O Lobo à Espreita – Uma Homenagem ao Centenário de Ingmar Bergman

A mostra traz um recorte da obra do cineasta sueco, apresentando desde suas obras clássicas até os títulos menos conhecidos.

Exibição: Vergonha (Skammen)

(Dir. Ingmar Bergman, 1968, 103 min.)

Em meio a uma guerra civil na região báltica, um casal de violinistas que se dizem apolíticos vivem isolados em uma ilha, onde se sustentam com o cultivo e a venda de produtos da terra. Essa vida alienada acaba quando um grupo de soldados invade a ilha. A partir desse momento, eles não poderão ficar mais alheios a tudo que acontece e terão que lidar com as misérias, a destruição e os horrores

Cartaz de divulgação da mostra Cinema e Antropologia

Entre 7 e 30 de maio, evento exibe 20 filmes e palestras com professora da USP e da Columbia University

O Cinema da USP (Cinusp) Paulo Emílio realiza, de 7 a 30 de maio, a mostra Cinema e Antropologia, uma seleção de filmes que se utilizaram da antropologia, durante os últimos 120 anos da história do cinema, como forma de analisar as relações que os indivíduos estabelecem com as culturas e os meios aos quais estão inseridos.

Dentre os 20 filmes selecionados pela curadoria — feita pelo Cinusp em parceria com Richard Peña, professor da Columbia University — destaca-se Nanook, o Esquimó (Nanook of the North, 1992), de Robert J. Flaherty, primeiro documentário antropológico de longa-metragem que retrata

Kbela

Em novembro, a programação de cinema do Sesc Belenzinho traz arte, reflexão e capacitação cinematográfica. O destaque do mês é o projeto Diretoras Negras que traz uma seleção de filmes de curta-metragem e documentários produzidos e dirigidos por mulheres negras. Todas as atividades e sessões são grátis.

A Sessão de Curtas do dia 6/11 reúne os seguintes filmes: Mulheres negras: projetos de mundo (de Day Rodrigues), Kbela (de Yasmin Thayná), Cabelo Bom (de Swahili Vidallaude Cláudia Alves) e O dia de Jerusa (de Viviane Ferreira). Já a sessão do dia 27/11 traz as obras: Travessia (de Safira Moreira), Mucamas (de Nós, Madalenas) e Aquém das Nuvens (de Renata Martins). As exibições têm início às 19h30.

A Hora do Lobo

Adulto

O Lobo à Espreita – Uma Homenagem ao Centenário de Ingmar Bergman

A mostra traz um recorte da obra do cineasta sueco, apresentando desde suas obras clássicas até os títulos menos conhecidos.

Exibição: Morangos Silvestres (Smultronstället)

(Dir. Ingmar Bergman, 1957, 93 min.)

Victor Sjöström é Isak Borg, um velho professor de medicina que reavalia a sua vida enquanto viaja para a universidade em que se formou para receber um título de doutor honoris causa. Borg viaja com sua estranha nora, Marianne (Ingrid Thulin) e revisita muitos marcos de seu passado, em especial as memórias de sua família e de Sara (Bibi Andersson), sua paixão de juventude. Morangos Silvestres é considerado um dos melhores filmes