Meio Ambiente

Em junho, projeto educativo estará nos municípios de Três Rios (Rio) e Belo Horizonte (Minas) com oficinas pedagógicas para abordar a articulação entre os temas de saúde e meio ambiente em sala de aula

Em junho, a equipe da Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente (Obsma), projeto educativo, coordenado pela vice-presidência de Ensino, Informação e Comunicação (VPEIC/Fiocruz), estará nos municípios de Três Rios (Rio de Janeiro) e Belo Horizonte (Minas Gerais), para oferecer as oficinas pedagógicas aos professores locais, abordando a articulação entre os temas de saúde e meio ambiente em sala de aula. As atividades em ambas as cidades integram a programação de atividades da Olimpíada pensadas para a Semana do Meio Ambiente,

herbívoros

Artigo é publicado na revista revista Science Advances

O declínio dos grandes herbívoros do mundo, especialmente na África e partes da Ásia, está levantando o espectro de uma "paisagem vazia" em alguns dos ecossistemas mais diversos do planeta. Muitas populações de animais como rinocerontes, zebras, camelos, elefantes e antas estão diminuindo ou ameaçadas de extinção em cerrados, savanas, desertos e florestas, dizem os cientistas.

Uma equipe internacional de ecólogos animais selvagens que conta com a participação do Professor de Ecologia da Unesp de Rio Claro, Mauro Galetti, realizou uma análise abrangente de dados sobre maiores herbívoros do mundo (mais de 100 kg), incluindo o estado de ameaça de extinção, ameaças e consequências ecológicas de declínio.

As atividades serão promovidas em todo o país pelo IBRAM

O Projeto Museu Dinâmico da Mata Atlântica da Unesp de Registro participará no dia 23 de maio das atividades oficiais da 13ª Semana de Museus promovida em todo o país pelo IBRAM, de 18 a 24 de maio, com o tema Museus para uma sociedade sustentável.

Nessa data, a equipe do projeto fará uma exposição temática itinerante na E.E. Professor Manoel Camillo Junior, em Pariquera-açu. A exposição incluirá peças em tamanho natural e réplicas que expõem sobre a pesca artesanal praticada em nosso litoral e sobre a produção artesanal de farinha (Casa de farinha), que foi muito praticada em propriedades agrícolas, comunidades quilombolas e caiçaras em

Programa que será exibido na TV Cultura mostra o trabalho de cientistas que analisam a propagação das ondas de choque no interior da Terra (SP Pesquisa)

Programa que será exibido na TV Cultura mostra o trabalho de cientistas que analisam a propagação das ondas de choque no interior da Terra

O próximo programa SP Pesquisa, que será exibido pela TV Cultura no sábado (09/05), vai mostrar como são feitos os estudos sobre as movimentações na crosta do Brasil. O fato, pouco conhecido no dia a dia dos brasileiros, ocorre com mais frequência do que se imagina.

Diferentemente dos grandes terremotos, comuns em países como Japão e Chile, os abalos sísmicos na crosta brasileira são muito menores, quase sempre imperceptíveis, mas não escapam aos registros de pesquisadores interessados em conhecer melhor esse fenômeno natural.

Para tratar do assunto, o SP Pesquisa conversou

Orçamento disponível pela FAPESP para a chamada é de até € 1 milhão

Objetivo é contribuir para desenvolver serviços climáticos com foco no papel das relações inter-regionais na variabilidade e previsibilidade climáticas

A FAPESP anuncia nova chamada de propostas de pesquisas em conjunto com o Belmont Forum. O objetivo é contribuir para desenvolver serviços climáticos com foco no papel das relações inter-regionais na variabilidade e na previsibilidade climática.

A oportunidade tem apoio de agências de fomento selecionadas pelo Belmont Forum em diversos países, incluindo a FAPESP para garantir a participação de pesquisadores do Estado de São Paulo.

Os três temas principais da chamada são: “Understanding past and current variability and trends of regional extremes”, “Predictability and prediction skills for near-future variability and trends of regional extremes” e "Co-construction

SciELO integra consórcio que digitaliza coleções de bibliotecas das principais instituições de pesquisa com acervo relevante sobre biodiversidade (foto: Leandro Negro/Ag.FAPESP)

SciELO integra consórcio que digitaliza coleções de bibliotecas das principais instituições de pesquisa com acervo relevante sobre biodiversidade

As coleções de livros e outras publicações em papel pertencentes às bibliotecas das principais instituições de pesquisa no mundo – incluindo as do Brasil –, com acervos relevantes sobre biodiversidade, estão sendo digitalizadas e disponibilizadas para acesso livre na internet por meio do consórcio internacional de bibliotecas botânicas e de história natural Biodiversity Heritage Library (BHL).

Lançada em 2006, nos Estados Unidos, com o objetivo de tornar a literatura mundial sobre biodiversidade disponível por meio do acesso aberto e facilitar seu uso em projetos de pesquisa e outros fins, a iniciativa evoluiu e resultou na criação da