Bolsista integrará equipe de projeto apoiado pela FAPESP e desenvolvido no Inpe

A Divisão de Processamento de Imagens do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) oferece uma oportunidade de pós-doutorado em Ciência da Computação com bolsa da FAPESP. O prazo de inscrição encerra em 15 de abril.

O bolsista integrará a equipe de pesquisa do Projeto Temático "e-sensing: Big Earth observation data analytics for land use and land cover change information".

O trabalho irá se concentrar nas atividades de especificação e validação de métodos para monitoramento agrícola utilizando grandes volumes de observação da Terra. Esses métodos devem ser baseados na análise de séries temporais de imagens de satélite. Os métodos para monitoramento agrícola devem ser desenvolvidos na linguagem R e trabalhar com dados armazenados no banco de dados de matrizes SciDB.

Os candidatos devem ter PhD em Ciências da Terra, Computação, Matemática ou Estatística (ou qualificação equivalente), obtido nos últimos sete anos. Devem ser fluentes em linguagem R e em análise de imagens de sensoriamento remoto agrícola. Conhecimento de práticas agrícolas, análise de séries temporais e de bases de dados geoespaciais é desejável.

Os interessados devem enviar carta de apresentação descrevendo qualificações e motivos da candidatura, curriculum vitae com dados pessoais, qualificações acadêmicas e suas cinco publicações mais relevantes, link para página pessoal em sites como Research Gate, Google Scholar ou Academia.edu, ORCID Research ID (se disponível) e link para CV Lattes (se disponível) para o pesquisador responsável pelo projeto, Gilberto Câmara, no endereço This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it..

A oportunidade está publicada em http://www.fapesp.br/oportunidades/1053/.

O selecionado receberá bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 6.819,30 mensais, segundo os novos valores de bolsas aprovados para vigorar a partir de 1º de abril, e Reserva Técnica. A Reserva Técnica da bolsa de PD equivale a 15% do valor anual da bolsa e tem o objetivo de atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista resida em domicílio diferente e precise se mudar para a cidade onde se localiza a instituição sede da pesquisa, poderá ter direito a um Auxílio-Instalação.

Para mais informações, consulte o site do projeto: www.esensing.org.

Mais informações sobre a bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em www.fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de bolsas de Pós-Doutorado, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades.

Agência FAPESP

Pin It