Livros

O material didático produzido para o Curso de Aperfeiçoamento em Educação Popular em Saúde (EdPopSUS), coordenado pela Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz) em parceria com o Ministério da Saúde (MS), será utilizado pelo projeto Itinerário do Saber, financiado pelo MS com o objetivo de promover estratégias para a qualificação dos profissionais de saúde de nível médio/técnico, fortalecendo o Sistema Único de Saúde (SUS). O projeto é coordenado pelo Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnologia em Saúde (Icict/Fiocruz).

O material é composto por duas publicações. Uma é o Guia do Curso de Aperfeiçoamento em Educação Popular em Saúde, que traz orientações sobre os temas, objetivos e atividades pedagógicas de cada eixo do curso. No guia, são indicados textos e outros recursos complementares (como vídeos, entrevistas, filmes, sites) que ajudem a aprofundar os temas e fundamentar as reflexões com os estudantes. A outra é a publicação Textos de Apoio para o Curso de Aperfeiçoamento em Educação Popular em Saúde, que reúne conteúdo dos eixos curriculares do curso e articulados com as atividades que estão no Guia. O caderno de textos é um instrumento que ajuda no desenvolvimento do curso, subsidiando as atividades propostas no guia.

Esse material didático foi construído coletivamente por uma equipe de educadores populares, durante as oficinas de estrutura curricular do projeto EdPopSUS. O material foi produzido a partir da pedagogia de Paulo Freire – educador brasileiro que defendia um processo formativo que pudesse desenvolver a criticidade e a autonomia dos alunos. Abordam temas como território, participação popular, práticas integrativas de saúde, religiosidade e diversidade, além dos saberes de parteiras, rezadeiras, quilombolas e outras populações. “Esse material é importante para a educação popular porque é inédito para a formação de trabalhadores como Agentes Comunitários de Saúde, Agentes de Combate a Endemias, conselheiros de saúde, militantes de movimentos sociais e lideranças comunitárias”, observa Ronaldo Travassos, professor-pesquisador da EPSJV/Fiocruz e um dos coordenadores do EdPopSUS.

O material será utilizado para o curso do EdPopSUS, que compõe o Itinerário do Saber. Inicialmente, será distribuído para os estados do Rio de Janeiro, Bahia, Maranhão e Mato Grosso.

EdPopSUS

O Curso de Aperfeiçoamento em Educação Popular em Saúde foi realizado de 2016 a 2018 e formou cerca de nove mil educandos em 15 estados brasileiros e envolveu mais de 600 educadores. O EdPopSUS era uma parceria entre a EPSJV/Fiocruz e o Ministério da Saúde, voltado para trabalhadores da Atenção Básica, lideranças comunitárias e integrantes de movimentos sociais. A formação teve carga horária de 160 horas na modalidade presencial, com 136 horas de atividades de classe e 24 de trabalho de campo. Segundo Ronaldo, mesmo com o encerramento do financiamento do Ministério da Saúde para o EdPopSUS, a EPSJV/Fiocruz continuará a oferecer o material didático do curso – que está disponível também para download no Portal EPSJV – para a formação de educadores populares em saúde de diversos estados do país.

Beatriz Costa
EPSJV/Fiocruz

Pin It