Lápis

Educação para formar, incentivar e reconhecer. Que abre diálogo, promove a diversidade de saberes, experiências e integra. Educação como aprendizado, legado e perspectiva de futuro. É assim que o campo terá destaque na Fiocruz, de 15 a 19 de outubro, quando será promovida a Semana de Educação. Neste período, professores, alunos, gestores e profissionais vão participar de diversas atividades: entrega de prêmios, lançamento de publicações, encontro da Câmara Técnica, e de um seminário — no qual as unidades vão compartilhar experiências e conhecer tendências sobre metodologias e tecnologias educacionais (acesse a programação).

Promovido pela Vice-Presidência de Educação, Informação e Comunicação (VPEIC/Fiocruz), o evento será aberto pela presidente Nísia Trindade Lima, no Dia do Mestre (15/10), às 14h, na Tenda da Ciência. O local leva o nome da psicóloga e pesquisadora Virgínia Schall (1954-2015), pioneira na articulação dos campos da educação, saúde e divulgação científica no Brasil. É ela que também nomeia a medalha que a Fundação concederá, pela primeira vez, reconhecendo o conjunto da obra de um servidor. Em 2018, a médica, patologista e professora Euzenir Nunes Sarno, do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz), será laureada por sua reconhecida atuação no campo da biomedicina. Nesta tarde haverá também homenagem aos professores, entrega do Prêmio Oswaldo Cruz de Teses e o lançamento do livro Ciência, saúde e educação, legado de Virgínia Schall, organizado por Simone Monteiro e Denise Pimenta.

Uma semana que vale por duas

E nesta semana tem atividades em dobro. Na terça-feira (16/10) a Fiocruz também abre a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2018 (SNCT), no Auditório do Museu da Vida. Pela manhã o público da Semana de Educação poderá participar das discussões em torno do tema da 15ª edição da SNCT: Ciência para redução das desigualdades. A Editora Fiocruz lançará e-book Como e por que as desigualdades sociais fazem mal à saúde, organizado pela autora Rita Barradas Barata, que fará também a abertura da Câmara Técnica de Educação. Em seguida, serão realizados colóquios relacionados ao assunto.

Na terça-feira à tarde, os membros da Câmara Técnica de Educação da Fiocruz se reunirão das 13h30 às 16h30, no Auditório Emmanuel Dias. Eles darão continuidade aos trabalhos iniciados no encontro de abril deste ano. Na ocasião, ficou definido que era necessário fazer um diagnóstico da oferta educacional e levantar expectativas para elaborar o Planejamento Integrado da Educação na Fiocruz (Pief). O documento preliminar a partir das visitas será, então, apresentado aos integrantes da CTE. Na quarta-feira (18/10) todo o dia será dedicado aos debates da Câmara.

Seminário promove troca de experiências sobre novas metodologias e tecnologias educacionais

Nos dois últimos dias (18/10 e 19/10), a Fiocruz promoverá o Seminário de Educação. Os participantes poderão conhecer experiências que as unidades desenvolvem em diferentes níveis e modalidades. Serão apresentados relatórios de dois levantamentos sobre tendências para a educação, incluindo novas metodologias e o uso de tecnologias educacionais. Um realizado a partir de uma parceria entre o Centro de Estudos Estratégicos (CEE/Fiocruz) e a VPEIC/Fiocruz, o outro produzido pela Fiocruz Brasília (confira a programação).

A Semana da Educação será um momento importante de interlocução e alinhamento entre a comunidade acadêmica da Fiocruz, afirma o vice-presidente de Educação, Informação e Comunicação, Manoel Barral: “A programação reflete bem as várias frentes em que temos trabalhado para fortalecer a área. Buscamos a convergência de iniciativas, agregando experiências, e respeitando a riqueza e diversidade da instituição. A discussão e construção do Pief tem sido um exemplo deste processo colaborativo e pactuado com as unidades”.

Flávia Lobato
Campus Virtual Fiocruz

Pin It