Federais SP

A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e a Universidade Federal do ABC (UFABC) lançaram a plataforma “Federais SP”, um ambiente virtual voltado à divulgação científica.

A iniciativa apresenta pesquisas realizadas pelas três instituições nas diferentes áreas do conhecimento. O objetivo é levar para mais perto da sociedade informações em linguagem acessível e em diferentes formatos (vídeo, áudio, texto, imagens, infográficos etc.) sobre o trabalho que os pesquisadores das três universidades realizam.

A primeira edição, lançada em julho de 2019, aborda pesquisas que transformam o diagnóstico, o tratamento e o pós-tratamento de pacientes com câncer. As três universidades têm frentes de trabalho sobre inovação tecnológica na área da

ciência da computação

Duas oportunidades de treinamento técnico nível quatro (TT-4) com bolsa da FAPESP estão disponíveis para o projeto “Detecção Automática de Incompatibilidades Cross-Browser e Cross-Plataforma usando Aprendizado de Máquina em Lojas Virtuais”. As inscrições devem ser feitas até 25 de agosto de 2019.

A pesquisa é conduzida na empresa Browser Ninjas - Tecnologia da Informação Ltda., com apoio do Programa Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE) da FAPESP e coordenação de Fagner Christian Paes. O objetivo é desenvolver uma ferramenta web para testes automatizados de software usando machine learning.

As atividades dos bolsistas incluem desenvolvimento de plataforma web e criação de script de robôs web crawler.

Os candidatos devem ser graduados em ciências da computação, sistemas de

Ciências Farmacêuticas

A Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF) da Universidade Estadual Paulista (Unesp), campus de Araraquara, está com inscrições abertas até 2 de setembro de 2019 para o Programa de Pós-Graduação em Biociências e Biotecnologia Aplicadas à Farmácia (PPGBBAF). As aulas terão início no segundo semestre deste ano.

O PPGBBAF oferece quatro vagas para mestrado e duas para doutorado – todas com bolsa. Para a inscrição, o candidato deve apresentar diploma de curso superior nas áreas biológicas, de saúde, bioprocessos, biotecnologia ou outras relacionadas.

As inscrições devem ser feitas pelo site da Unesp. Os candidatos também devem enviar para o e-mail This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it. os seguintes documentos: comprovantes da inscrição on-line e do pagamento da taxa no valor de

pulgão

Duas vagas de treinamento técnico nível três (TT-3) com bolsa da FAPESP estão disponíveis para o projeto “Trajetórias Tecnológicas: estudo sobre as estruturas de inovação para os biodefensivos no Estado de São Paulo”, desenvolvido no Instituto de Economia Agrícola (IEA), em São Paulo. As inscrições devem ser feitas até 23 de agosto de 2019.

O objetivo do projeto é caracterizar o desenvolvimento tecnológico e mercadológico de biodefensivos no Estado de São Paulo por meio da discussão teórica e conceitual de paradigmas, trajetórias e regimes tecnológicos, bem como pela análise da inserção dos biodefensivos no universo de produção e comercialização de fitossanitários, explorando os mecanismos de transferência de conhecimento.

O bolsista selecionado para a primeira vaga

Piaractus mesopotamicus

Uma oportunidade de treinamento técnico nível três (TT-3) com bolsa da FAPESP está aberta para o projeto “Estudo de associação genômica ampla de baixo custo e predições genômicas para resistência a Aeromonas hydrophila em pacu (Piaractus mesopotamicus)”. O prazo de inscrição termina no dia 23 de agosto de 2019.

O projeto realiza um estudo de associação genômica ampla para resistência à bactéria Aeromonas hydrophila em pacu e avalia estratégias de predição genômica usando um método de baixo custo com base na combinação de genotipagem por sequenciamento, baixa densidade de polimorfismos de nucleotídeo único e imputação de genótipos.

O bolsista será responsável pelas seguintes tarefas: preparação de soluções; identificação de amostras e armazenamento; rotina, manutenção

ciência do solo

Uma Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP está disponível para o Projeto Temático “Geotecnologias no mapeamento digital pedológico detalhado e biblioteca espectral de solos do Brasil: desenvolvimento e aplicações”. O prazo de inscrição se encerra em 25 de agosto de 2019.

O bolsista vai atuar no Departamento de Ciência do Solo da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo (USP), sob a coordenação do professor José Alexandre Melo Demattê.

Um dos objetivos do projeto é usar o sensoriamento proximal do solo para promover o uso da espectroscopia voltado à aplicação da técnica. Além disso, será desenvolvida uma ferramenta interativa on-line para classificação e predição de atributos do solo com uso

Programa de pós-graduação

Entre os dias 22 e 30 de agosto, serão recebidas as inscrições para o processo seletivo dos cursos de mestrado e doutorado em Ciências da Saúde do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PPGEnf) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).

O programa visa qualificar profissionais que atuam nas áreas da saúde para atividades de pesquisa, docência e para a produção de novos conhecimentos, contribuindo com a qualidade do cuidado em saúde.

A área de concentração do programa é “Cuidado e Trabalho em Saúde e Enfermagem”. São oferecidas três linhas de pesquisa: “Processo de cuidar em Saúde e Enfermagem”; “Trabalho e gestão em Saúde e Enfermagem”; e “Tecnologias do cuidado e educação em Saúde”.

O processo

 culturas agrícolas

O Centro de Pesquisa em Genômica Aplicada às Mudanças Climáticas (GCCRC) oferece uma vaga de treinamento técnico nível três (TT-3) com bolsa da FAPESP. O prazo de inscrição se encerra no dia 23 de agosto de 2019.

O GCCRC é um Centro de Pesquisa em Engenharia (CPE) apoiado pela FAPESP e pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e está sediado na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Coordenado pelo professor Paulo Arruda, o centro estuda a adaptação de culturas agrícolas a estresses impostos pela mudança climática global. O grupo adota uma plataforma de biotecnologia para identificar microrganismos e genes-chave envolvidos em respostas ao estresse e rendimento, visando incorporá-los em germoplasmas (unidades conservadoras de

nanopartículas

O Projeto Temático “Fenômenos emergentes em sistemas de dimensões reduzidas”, conduzido no Instituto de Física Gleb Wataghin da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), oferece uma Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP. O prazo de inscrição vai até 25 de agosto de 2019.

O projeto estuda a fabricação de nanomateriais e nanoestruturas por meio de métodos de síntese química (do tipo bottom-up ou de baixo para cima) e métodos físicos de Laser Ablation (top-down ou de cima para baixo). As nanopartículas e nanoestruturas são estudadas com técnicas de espectroscopia óptica, micro-ondas, radiofrequência e magnetometria, entre outras.

O pós-doutorando vai atuar na fabricação e na caracterização de nanopartículas de metais nobres e intermetálicos. As atividades incluem preparação

biologia celular

O Programa de Pós-Graduação Internacional Biologia Celular e Molecular Vegetal (PPG-IBCMV), da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da Universidade de São Paulo (USP), está com inscrições abertas até 30 de agosto de 2019 para ingresso nos cursos de doutorado e doutorado direto. São oferecidas cinco vagas.

O PPG-IBCMV capacita profissionais para pesquisa nas áreas de genética, biologia molecular e celular de plantas, integrando grupos do Brasil e dos Estados Unidos. O programa está estruturado em três instituições: USP, The State University of New Jersey e The Ohio State University, ambas dos Estados Unidos.

São oferecidas quatro linhas de pesquisa: “Genética Molecular e do Desenvolvimento”, “Interação de plantas com outros organismos: moléculas, ecologia

CDMF

O Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF) firmou uma parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Sul de Minas Gerais para a interação científica e tecnológica entre as duas instituições.

O CDMF é um Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) financiado pela FAPESP, com sede na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).

Além de promover a difusão do conhecimento, o projeto visa apresentar diferentes caminhos possíveis na vida universitária.

Dentre as atividades previstas estão a realização de palestras e o apoio ao desenvolvimento de novas tecnologias no Espaço Maker do Campus Avançado, laboratório de prototipagem estabelecido como suporte à inovação e à aprendizagem.

Já existe um cronograma inicial