ciências

A FAPESP atualizou as Normas para Apresentação e Seleção de Propostas referentes a Bolsas de Iniciação Científica, Mestrado e Doutorado Direto. As mudanças foram aprovadas em reunião do Conselho Técnico-Administrativo (CTA) realizada em 30 de outubro de 2019 e entraram em vigor nesta segunda-feira (18/11).

Entre as novidades está a exigência de apresentação da súmula curricular do candidato à bolsa no ato da inscrição – antes era solicitada apenas uma descrição das atividades já desenvolvidas. Do orientador passa a ser solicitada a inclusão de um documento contendo resultados de apoios anteriores, se houver.

Orientadores de alunos nas três modalidades devem demonstrar ter apoio e condições materiais para a plena realização do projeto proposto (da FAPESP

tecnologias para logística

Uma Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP está disponível para o projeto “Logística 4.0: tecnologias para logística flexível e ecoeficiente”, uma colaboração entre pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e da Universidade do Porto (Portugal). As inscrições vão até 23 de novembro de 2019.

O estudo desenvolve métodos de solução exatos para problemas dinâmicos de roteamento de veículos com incerteza e algoritmos de aproximação heurísticos e meta-heurísticos.

O candidato deve possuir doutorado (concluído há menos de sete anos) em ciência da computação, pesquisa operacional, matemática aplicada ou áreas afins. Deve demonstrar sólida experiência em programação inteira, heurística e meta-heurísticas. É desejável conhecimento em programação estocástica.

Os interessados devem enviar curriculum vitae contendo lista de

actinobactéria da espécie Actinomyces israelii

Uma Bolsa de Treinamento Técnico nível três (TT-3) da FAPESP está disponível para a startup Actinobac Agrosciences, no âmbito do projeto “Identificação e screening biológico na busca por agentes antimicrobianos produzidos por actinobactérias contra o cancro cítrico”. A empresa tem apoio do Programa Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE). O prazo de inscrição vai até dia 24 de novembro de 2019.

As atividades do bolsista compreendem preparação de soluções e meios de cultivo para processos fermentativos, geração de extratos brutos, manutenção das culturas de microrganismos, realização de bioensaios, suporte nas análises dos resultados, organização e manutenção do laboratório.

A vaga é destinada a recém-formados em ciências biológicas, química ou áreas correlatas. O candidato deve

monocristais ferroelétricos

O Projeto Temático “Materiais multiferroicos e ferroelétricos para conversores de energia: síntese, propriedades, fenomenologia e aplicações” oferece uma Bolsa de Doutorado Direto da FAPESP. O prazo de inscrição termina em 22 de novembro de 2019.

O bolsista participará do desenvolvimento da linha de pesquisa: “Crescimento e caracterização de monocristais ferroelétricos” no Instituto de Ciência e Tecnologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), em São José dos Campos (SP). O projeto é coordenado pelo professor José Antonio Eiras.

Os principais objetivos da pesquisa são alcançar avanços significativos, qualitativos e quantitativos, no crescimento e na caracterização de propriedades físicas de monocristais ferroelétricos com e sem chumbo. Monocristais volumétricos e/ou na forma de fibras serão produzidos

Inovação

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo de seis bolsas oferecidas pelo Programa Santander-USP de Inovação e Empreendedorismo, da Agência USP de Inovação (Auspin) da Universidade de São Paulo (USP).

As bolsas têm o valor mensal de R$ 1.400 e serão pagas durante 12 meses, entre dezembro de 2019 e novembro de 2020, com possibilidade de renovação.

Os alunos participarão do projeto de pesquisa “Levantamento das Competências Tecnológicas da USP”, que tem o objetivo de mapear os saberes tecnológicos dos docentes da universidade e incentivar a inovação e o empreendedorismo.

Os bolsistas deverão cumprir 12 horas semanais de trabalho, desenvolvendo atividades de pesquisa, levantamento e análise de dados, planejamento de ações, difusão de informações

Medicina Preventiva

O Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (PPGSC) do Departamento de Medicina Preventiva da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) está com inscrições abertas até 22 de novembro de 2019 para alunos de mestrado e doutorado, dentro do processo seletivo 2020.

O programa oferece vagas nas áreas de ciências sociais e humanas em saúde, epidemiologia e política, planejamento e gestão em saúde. As linhas de pesquisa são: Gestão do Trabalho e do Cuidado em Saúde, Longevidade, Condições Crônicas e Qualidade de Vida e Saúde, Sociedade e Modos de Vida.

São oferecidas ao todo 22 vagas, 14 de mestrado e oito de doutorado. Duas vagas serão destinadas a candidatos ao mestrado

animais peçonhentos

O Centro de Toxinas, Resposta Imune e Sinalização Celular (CeTICS) dispõe de uma Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP. O prazo de inscrição vai até 22 de novembro de 2019.

O CeTICS é um Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) apoiado pela FAPESP no Instituto Butantan.

O bolsista participará de projeto conduzido no Laboratório de Imunoquímica, cujo objetivo é avaliar o papel do sistema complemento (proteínas que fazem parte da imunidade inata) na patogênese das reações sistêmicas e locais oriundas dos envenenamentos por animais peçonhentos.

O candidato deve ser doutor na área de Imunologia e ter experiência em métodos imunoquímicos, citometria de fluxo, cultura celular e capacidade de trabalhar com modelos animais. Será

aprendizado interativo

O Projeto Temático “AnImaLS: Anotação de Imagem em Larga Escala: o que máquinas e especialistas podem aprender interagindo?” oferece uma Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP. O prazo de inscrição termina no dia 20 de novembro de 2019.

A pesquisa é conduzida no Laboratory of Image Data Science (LIDS) do Instituto de Computação da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e envolve a compreensão e o aperfeiçoamento de processos de aprendizado interativo de máquina a partir de imagens anotadas, visando a construção de sistemas de apoio à tomada de decisão explicáveis.

O trabalho do bolsista será relacionado a redes neurais multicamadas, projeção não linear de nD para 2D e classificação semissupervisionada, em colaboração com parceiros da

Física

O Programa de Pós-Graduação em Física (PPGF) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) publicou o edital dos processos seletivos para os cursos de mestrado e doutorado que terão início em 2020. Também serão selecionados alunos especiais para disciplinas isoladas. As inscrições terminam em 22 de novembro.

Estão disponíveis cinco vagas de mestrado e 10 de doutorado para as seguintes linhas de pesquisa em Física: Semicondutores; Materiais Magnéticos, Dielétricos, Multifuncionais e Bidimensionais; Fundamentos e Aplicações da Mecânica Quântica, Atômica; Computacional; e Supercondutividade.

Os candidatos devem preencher a ficha de inscrição disponível no site do PPGF e enviar, pelos Correios, em um envelope contendo uma cópia em papel de todos os documentos solicitados para: Universidade Federal

Planta

O Centro de Energia Nuclear na Agricultura (Cena) da Universidade de São Paulo (USP), em Piracicaba, está com concurso aberto para a seleção de um cargo de professor doutor. O prazo de inscrição se encerra em 19 de novembro de 2019.

O professor selecionado receberá salário de R$ 11.069,17 e será contratado sob Regime de Dedicação Integral à Docência e à Pesquisa pela Divisão de Desenvolvimento de Métodos e Técnicas Analíticas e Nucleares, na área de “Técnicas analíticas avançadas (LIBS, ICP-MS e IRMS) em estudos agroambientais”.

Os pedidos de inscrição devem ser feitos por meio do site USP Digital, devendo o candidato apresentar requerimento dirigido ao diretor do Cena, dados pessoais e área de conhecimento

fibrose renal

Uma Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP e outra de Treinamento Técnico nível três (TT-3) são oferecidas pelo Projeto Temático “Contribuição da via AMPK para a fibrose renal e patogênese da nefro e retinopatia diabéticas”. As inscrições vão até 18 de novembro de 2019.

O projeto é desenvolvido no Laboratório de Fisiopatologia Renal e Investigação de Complicações do Diabetes Mellitus da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

O objetivo é investigar a contribuição da enzima AMPK (proteína quinase ativada por AMP, na sigla em inglês) para o desenvolvimento de fibrose renal em modelos experimentais de doença renal crônica (incluindo camundongos com deleção da AMPK).

Os candidatos devem ter experiência comprovada com