As Bruxas de Salem

A Escola de Atores Wolf Maya estreia, no dia 23 de agosto (sexta, às 21h), o espetáculo As Bruxas de Salem, um estudo sobre a obra de Arthur Miller com direção de Kleber Montanheiro. A montagem - que tem no elenco os formandos da Turma M6A - fica em cartaz até o dia 1º de setembro no Teatro Nair Bello.

As Bruxas de Salem é um texto baseado em fatos verídicos conhecidos como os Julgamentos das Bruxas de Salem. Em 1692, em Massachusetts, cerca de 150 pessoas foram processadas por bruxaria, resultando em várias execuções. Escrita no início de 1950, a peça é uma alegoria do macarthismo, como uma resposta à perseguição anticomunista nos Estados Unidos na época, da qual o Arthur Miller foi vítima, sendo interrogado e condenado por não denunciar os colegas comunistas. O próprio Miller adaptou a peça para o cinema, em 1996, em produção estrelada por Daniel Day-Lewis e Winona Ryder.

Formado em jornalismo, o americano Arthur Miller (1915-2005) tem comos suas obras mais aclamadas A Morte de um Caixeiro-viajante (1949) e As Bruxas de Salem (1953). O texto faz questionamentos à tolerância religiosa, ao marcathismo que ficou conhecido como ‘a caça às bruxas da era moderna’.

O enredo se passa em 1692, na Vila de Salem. Betty Parris (filha do Reverendo Samuel Parris) está possivelmente com uma doença para a qual não existe cura. A escrava Tituba acaba sendo acusada de bruxaria por ter contado histórias de voodoo para Betty e Abigail Williams (sobrinha do Reverendo). A histeria na cidade começa quando várias garotas relatam casos de bruxaria e acusam as pessoas da vila. Um tribunal é estabelecido e elas têm que apresentar as acusações perante a lei. John Proctor, um fazendeiro da região, é cético sobre os acontecimentos e tenta provar que tudo é uma farsa. E ele descobre que Abigail e uma das adolescentes, provavelmente ‘possuída’, tentarão se vingar de sua família.

Ficha técnica - Texto: Arthur Miller. Direção e adaptação: Kleber Montanheiro. Preparação vocal: Alessandra Krauss Zalaf. Cenografia, figurinos e trilha: Kleber Montanheiro.  Criação de luz: Beto Martins. Operação de som: Gabrielle Ventura. Assistentes de direção: Gabrielle Ventura, Henrique Garcia e Samara Gonzalez. Produção executiva: Maristela Bueno. Produção: Rodrigo Trevisan e Renato Campagnoli. Design gráfico: Felipe Barros. Fotos: Rombolli Torres Photografia. Coordenação pedagógica: Josemir Kowalick. Coordenação geral: Hudson Glauber.

Elenco: Angélica Prieto, Beatriz Napoleão (participação), Beatriz Pessoa, Fernanda Roitman, Gabriel d’Assis, Gabriela Holanda, Giovanna Nery, Guh Rezende, Ilo Rafael, Isis Mendonça, Josmar Pereira, Kammyla Assumpção, Layla Pessoa, Marina Dulinsky, Natalia Lima, Natalia Sudré, Raiara Luz, Reginaldo Maia e Victória Almada.

Serviço

Espetáculo: As Bruxas de Salem
Estreia: 23 de agosto. Sexta, às 21h
Temporada: 23 de agosto a 1º de setembro/2019
Horários: sextas e sábados (às 21h) e domingos (às 19h)
Ingressos: R$ 30,00 (valor único) - Vendas na bilheteria do teatro.
Duração: 90 min. Gênero: Drama. Não recomendado para menores de 12 anos.
Bilheteria: quarta a sábado (15h às 21h) e domingo (15h às 19h).

Teatro Nair Bello
Rua Frei Caneca, 569 - Shopping Frei Caneca, 3º Piso. Centro - SP/SP.
Tel: (11) 3472-2442. Capacidade: 201 lugares.
Ar condicionado. Acessibilidade.

http://wolfmaya.com.br/

https://www.facebook.com/EscolaWolfMaya

https://twitter.com/escolawolfmaya

Pin It