Teatro

Este Corpo que Não Te Pertence

A Cia. dos Bonitos estreia o espetáculo Este Corpo que Não Te Pertence no dia 24 de setembro (terça) no Espaço Parlapatões, às 21 horas. Com texto e direção de Djalma Lima, a comédia conta a hilária história de um militar idoso que planeja trocar de corpo com seu sobrinho jovem por meio de um beijo.

Um jogo ágil e divertido se estabelece entre atores Cleber Tolini, Edson Gonçalvez, Rick Conte, Van Manga e Vânia Bowê. Todos interpretam todas as personagens de forma inesperada e surpreendente. A temporada de Este Corpo que Não Te Pertence segue até o dia 29 de outubro com sessões sempre às terças-feiras, às 21 horas.

Mascarenhas é um general aposentado

O Encantamento da Rabeca

Iniciada em outubro de 2018, a Circulação-Residência do grupo O Buraco d’Oráculo chega ao final, em setembro, realizando esta última parceria com a Cia. Mundu Rodá.

Com entrada franca, os espetáculos acontecem entre os dias 21 e 29 de setembro, no espaço da Mundu Rodá, localizado no bairro Ipiranga, à Rua Southey, número 106, e também na Praça Pinheiro da Cunha.

São quatro espetáculos na programação: O Buraco d’Oráculo encena O Encantamento da Rabeca (dia 21/09), O Cuscuz Fedegoso (dia 22/09) e Pelas Ordens do Rei Que Pede Socorro! (dia 29/09); e a Cia. Mundu Rodá entra em cena com Memórias da Rabeca (dia 28/09).

A Circulação - Residência é parte do projeto Buraco 20 Anos:

Nossa Vida Em Família

Com direção de Sérgio Ferrara, o espetáculo Nossa Vida Em Família estreia no dia 20 de setembro, sexta-feira, no Teatro Nair Bello, às 21 horas. A peça é um estudo sobre a obra de Oduvaldo Vianna Filho, um dos expoentes da dramaturgia brasileira, que tem no elenco os formandos da Turma M6C da Escola de Atores Wolf Maya.

A temporada vai até o dia 29 de setembro com sessões às sextas-feiras e aos sábados, às 21 horas, e aos domingos, às 19 horas.

Esta montagem dá sequência a um panorama do teatro brasileiro que o diretor tem apresentado nos espetáculos que vem dirigindo na Escola Wolf Maya. O primeiro autor a ser encenado no projeto

Le Mômo

Espetáculo teatrocoreográfico sobre a vida e obra de Antonin Artaud tem como linha mestra da dramaturgia “o problema da liberdade autêntica”. Mostra a luta do poeta francês contra a institucionalização das formas de vida e sua tentativa de conquistar um corpo soberano.

De 04 a 21 de setembro, Maura Baiocchi apresenta o solo Artaud, le Mômo, na Oficina Cultural Oswald de Andrade.  De quarta a sexta, as apresentações acontecem às 20h. Aos sábados, às 18h. A entrada é gratuita.

Criado em 2016, por ocasião do 25º aniversário da Taanteatro Companhia e em comemoração ao 120º aniversário do poeta francês, criador do Teatro da Crueldade, Antonin Artaud (1896 a 1948), Artaud, le Mômo é uma síntese

RI[T]OS

Composto por solos e coreografias coletivas, RI[T]OS explora potenciais de transfiguração do corpo organizado por valores, lógicas e práticas de colonização

Com estreia no dia 22 de agosto (quinta-feira) e apresentações dias nos 23 e 24; e de 29 a 31 de agosto, a Taanteatro Companhia traz ao público a performance coletiva RI[T]OS, na Oficina Cultural Oswald De Andrade. Nas quintas e sextas, as apresentações serão às 20h; aos sábados, serão às 18h. Os ingressos são gratuitos.

O disparador dessa obra teatro-coreográfica são os “rios invisíveis” de São Paulo; a transformação de uma riquíssima e abundante bacia hidrográfica ameríndia num sistema de canais de esgoto. Partindo dessa metáfora real do urbanismo predatório, RI[T]OS explora potenciais de

Atores apoiam a causa Setembro Amarelo

No mês de novembro, acontecerá a estreia do musical infantil ‘Slime Mania’, no Teatro dos Grandes Atores, no Barra Square. A peça é uma extensão das ações de conscientização do elenco em prol do “Setembro Amarelo”, campanha de informação sobre prevenção do suicídio. O espetáculo tem direção de Juliana Kelling, textos e coreografias de Leon Borghes e realização da Agência Cintra, com participação da atriz convidada Michelly Boechat.

A peça narra a história de uma família muito estranha de cientistas pirados, que descobre a fórmula de slime que vira mania em todo mundo. Essa invenção surge para resgatar os princípios da convivência e eliminar sintomas de depressão e ansiedade.

Vereda da Salvação

No dia 6 de setembro, sexta-feira, estreia o espetáculo Vereda da Salvação, no Teatro Nair Bello, às 21 horas. A montagem é um estudo sobre a obra de Jorge Andrade com direção de Hugo Coelho, tendo no elenco os alunos formandos da Turma M6B da Escola de Atores Wolf Maya. A temporada segue até o dia 15 de setembro, sempre às sextas-feiras e sábados, às 21 horas, e domingos, às 19 horas.

A peça Vereda da Salvação foi escrita por Jorge Andrade no começo dos anos de 1960, sendo baseada nos trágicos acontecimentos ocorridos em 1955, no povoado de Catulé, no nordeste de Minas Gerais. No enredo, uma comunidade troca de religião, abandona a igreja

Cora e o Trabalho

A Circulação-Residência do grupo O Buraco d’Oráculo retorna à zona leste, em agosto, em parceria com o coletivo Dolores Boca Aberta Mecatrônica de Artes. Com entrada franca, os espetáculos acontecem entre os dias 23 de agosto e 1º de setembro, no CDC Vento Leste (Clube da Comunidade), espaço abandonado pelo poder público, no Jardim Triana, região de Cidade Patriarca, que foi revitalizado por ações de diversos grupos, entre eles o Dolores Boca Aberta.

Para diversificar a programação e acolher de forma mais ampla os coletivos que atuam no CDC Vento Leste, o convite foi estendido à Cia. Canina de Teatro de Rua e Sem Dono para também compor a programação.

Portanto, a Circulação-Residência de agosto

Carlos Simioni

Dias 14 e 15 de setembro, sábado e domingo, acontece o monólogo Prisão para a Liberdade com Carlos Simioni na sede do grupo Refinaria Teatral na Zona Norte. Os eventos integram o projeto “Teatro: uma Pátria Habitável”, contemplado pela 32ª Edição da Lei de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo. Os ingressos são no sistema “pague quanto puder.

Sinopse: Nesta demonstração de trabalho, o ator Carlos Simioni aborda a própria trajetória e revela que a técnica pode ser tanto uma prisão quanto um trampolim para o ator.

Prisão para a Liberdade foi apresentado no Brasil, Estados Unidos da América, Itália, Dinamarca, Bélgica, Costa Rica, Colômbia e Portugal.

De 10 a 13 de

Elena Vago e Gabriela Morato

O projeto Levante Teatro do Incêndio - Pra Vida e Revida apresenta o espetáculo O Pornosamba e Bossa Nova Metafísica (montagem de 2014), nos dias 14 e 15 de setembro (sábado, às 21h, e domingo, às 20h).

Diante do atual momento de ‘estrangulamento’ cultural, a Cia. Teatro do Incêndio, sem nenhum apoio ou incentivo cultural, reage com programação de resistência, iniciada em julho, que segue até dezembro, reunindo cinco espetáculos de repertório, além de outras atividades.

O Pornosamba e Bossa Nova Metafísica é um espetáculo, em grande parte, auditivo que procura ‘recuperar’ o ouvido para o chiado do disco e a qualidade incomparável da música popular brasileira, revivendo mestres do samba e da bossa nova por

As Bruxas de Salem

A Escola de Atores Wolf Maya estreia, no dia 23 de agosto (sexta, às 21h), o espetáculo As Bruxas de Salem, um estudo sobre a obra de Arthur Miller com direção de Kleber Montanheiro. A montagem - que tem no elenco os formandos da Turma M6A - fica em cartaz até o dia 1º de setembro no Teatro Nair Bello.

As Bruxas de Salem é um texto baseado em fatos verídicos conhecidos como os Julgamentos das Bruxas de Salem. Em 1692, em Massachusetts, cerca de 150 pessoas foram processadas por bruxaria, resultando em várias execuções. Escrita no início de 1950, a peça é uma alegoria do macarthismo, como uma resposta à perseguição anticomunista nos Estados Unidos na