Biblioteca de Manguinhos

No dia 23 de novembro, a Biblioteca de Manguinhos irá celebrar seus 115 anos como instituição de referência em informação científica e tecnológica em saúde, completados no último mês de agosto. O evento comemorativo irá promover palestras sobre informação, memória e cultura, além de prestar homenagem a Francisco Viacava, que receberá o título de Pesquisador Emérito da Fiocruz.

“Nesses 115 anos, a Biblioteca de Manguinhos se tornou uma fonte importante para pesquisadores de dentro e fora da Fiocruz, por isso convidamos toda a sociedade para participar dessa comemoração”, comenta Fátima Duarte, chefe da biblioteca. Além de compartilhar parte dessa história, a programação convidou diferentes pesquisadores que irão abordar aspectos da informação, memória e patrimônio cultural no início do século XX, período em que a instituição foi criada.

Uma das palestras apresentará o “Histórico da informação no Instituto Oswaldo Cruz através da formação da Biblioteca de Manguinhos”, pelo bibliotecário Alexandre Medeiros, chefe da Biblioteca do INCQS/Fiocruz. Além dele, a jornalista e bibliotecária Alice Ferry de Moraes falará sobre “Oswaldo Cruz e sua visão de informação em saúde”. Ambas as apresentações abordam o contexto da pesquisa no início do século e revelam a memória da Biblioteca e a importância de seus acervos.

Divulgando a Seção de Obras Raras, a última palestra será de Cristiane d’Avila, coordenadora de comunicação do Icict e pesquisadora em Literatura. Ela falará sobre “Cartas de João do Rio: os passos da investigação em um acervo histórico”. A Seção de Obras Raras da Biblioteca de Manguinhos, sediada no Castelo Mourisco, possui dois exemplares raros do autor, que estarão expostos ao público durante o evento.

O aniversário apresenta uma programação voltada a promover a Biblioteca de Manguinhos como espaço não só de pesquisa, mas também de convivência e trocas entre a comunidade científica e a população. “Gostaríamos de nos aproximar mais dos usuários e da comunidade, por isso, a Biblioteca tem feito esforços para melhorar sua infraestrutura. Em breve, será reaberto o café com acesso à internet. Nossa ideia é que as pessoas não venham apenas para pesquisar, mas para visitar os eventos e exposições que desejamos apresentar ao público no próximo ano”, finaliza Fátima.

Confira abaixo a programação:

Biblioteca

Título de pesquisador emérito da Fiocruz a Francisco Viacava

Além das palestras, o evento recebe, no período da tarde, a solenidade de entrega do título de Pesquisador Emérito da Fiocruz a Francisco Viacava, do Laboratório de Informação em Saúde (Lis/Icict) e docente do PPGICS. A homenagem, prestada pela presidência da Fundação, é um reconhecimento ao trabalho de quase quatro décadas dedicado à pesquisa na área de informação em saúde.

"Esta homenagem engrandece o Icict e representa não só um reconhecimento à grande contribuição dada por Francisco Viacava, como também o trabalho de excelência realizado no Icict na pesquisa em informação em saúde”, elogia Umberto Trigueiros, diretor do Icict. Para ele, a concessão desse título emociona imensamente, pois Chico, como é chamado por todos, é reconhecido por seus pares como referência nacional e internacional no campo.

André Bezerra
Icict/Fiocruz

Pin It