Poesia e Literatura

livro sobre sensoriamento remoto

Pesquisadores do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e colaboradores do Laboratório de Instrumentação de Sistemas Aquáticos (LabISA), sob a coordenação de Claudio Barbosa e Evlyn Novo, lançaram a primeira edição do livro Introdução ao Sensoriamento Remoto de Sistemas Aquáticos: Princípios e aplicações.

O lançamento ocorreu durante o 19º Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, que aconteceu em abril em Santos (SP).

O livro foi publicado em formato digital e está disponível gratuitamente no site do Inpe. A publicação contém uma série de conceitos aplicados ao sensoriamento remoto de ambientes aquáticos, como os fundamentos da óptica hidrológica, as propriedades ópticas da água e seus constituintes, os equipamentos e técnicas de processamento de dados, o histórico dos

Ciência, da Filosofia à Publicação

As bases teóricas e filosóficas de fazer ciência são abordadas na 7ª edição, revista e atualizada, do livro Ciência, da Filosofia à Publicação (Best Writing).

O autor é o biólogo Gilson Volpato, especialista em redação científica e professor aposentado no Instituto de Biociências da Universidade Estadual Paulista (Unesp), campus de Botucatu.

Na primeira parte do livro, Volpato traça o panorama histórico dos pensadores que foram importantes para a formação do pensamento científico. Na segunda, ele analisa a ciência atual, as publicações científicas e as melhores maneiras de fazer a comunicação da pesquisa científica.

Além dos livros, Volpato comanda o site do Instituto GilsonVolpato de Educação Científica (IGVEC), onde existe um amplo conteúdo sobre redação científica.

Livro Fundamentos da digestão anaeróbia

Um livro que reúne o conhecimento acumulado por mais de uma década pela Embrapa e sua rede de parceiros no desenvolvimento de práticas e processos da gestão e do tratamento de efluentes líquidos agropecuários com altas concentrações de matéria orgânica e nutrientes. Esta é a obra "Fundamentos da digestão anaeróbia, purificação do biogás, uso e tratamento do digestato", que será lançada na tarde do próximo dia 8 de maio, após o painel "Experiências em manejo de resíduos da produção animal" durante a sexta edição do Simpósio Internacional sobre Gerenciamento de Resíduos Agropecuários e Agroindustriais (Sigera) (sbera.org.br/sigera2019), que acontece no Oceania Park Hotel em Florianópolis.

O livro trata da geração de biogás a partir de resíduos

livro Ciclo ILP-FAPESP: Ciência e Inovação

Foi lançado nesta segunda-feira (22/04), na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), o livro Ciclo ILP-FAPESP: Ciência e Inovação 2017-2018. A publicação reúne a cobertura jornalística feita pela Agência FAPESP dos 11 debates promovidos até o fim do ano passado no âmbito do Ciclo ILP-FAPESP, com cientistas e pesquisadores apoiados pela Fundação.

A parceria entre o Instituto do Legislativo Paulista (ILP) e a FAPESP, iniciada em outubro de 2017, resultou em uma série de palestras sobre temas variados de ciência, tecnologia e inovação.

“Os debates do Ciclo ILP-FAPESP são uma forma de prestar contas para a sociedade e para a própria Alesp sobre as atividades da FAPESP. Para a Fundação também é importante se aproximar

Palestra

Os avanços e desafios da implementação da decisão histórica do STF acerca do habeas corpus coletivo dado às mães e gestantes encarceradas no Brasil são destacados no livro Pela Liberdade - a história do habeas corpus coletivo para mães e crianças, lançado pelo Programa do Instituto Alana e Coletivo de Advocacia em Direitos Humanos (CADhu), em Brasília. A Fiocruz participou da publicação com as pesquisadoras da Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp) Maria do Carmo Leal e Luciana Simas, que conduziram o estudo Nascer nas Prisões.
 
“O cárcere não é lugar adequado para o exercício da maternidade e para a vivência plena e integral da infância”. Essa é uma das reflexões propostas pela publicação, que aborda as

O Convívio

O Convívio, primeira obra escrita por Dante Alighieri (c. 1265-1321) no exílio, está novamente ao alcance dos leitores de língua portuguesa. Com nova tradução, segundo rigorosos critérios filológicos, introdução e notas de Emanuel França de Brito, o livro foi lançado neste ano.

Partidário dos Guelfos Brancos, que reivindicavam mais liberdade para Florença frente ao poder do Papado, Dante foi exilado em 1302. E permaneceu fora de sua cidade natal até o fim da vida. Esse corte radical teve profundas consequências em sua produção literária. Afastado da atividade política, que consumia boa parte de seu tempo e energia, ele se voltou para a reflexão filosófica e a busca espiritual, disso resultando sua obra maior, A Divina Comédia.

Mistério no Mundo Aquático Submerso

Foi lançada nesta quarta-feira (24), durante as comemorações do 46º aniversário da Embrapa, a publicação Mistério no Mundo Aquático Submerso. O livro voltado ao público infanto-juvenil é de autoria da bióloga Kathia Sonoda, pesquisadora da Embapa Meio Ambiente, e do desenhista industrial Renato Berlim, analista da Embrapa Cerrados. A publicação contou com o financiamento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

O livro conta a história de um menino da cidade que vai visitar a chácara dos avós e conhece os insetos aquáticos. A narrativa busca despertar nos jovens a reflexão sobre a importância de se manter a boa qualidade da água. “Trata-se de uma ficção sobre o efeito da poluição da água sobre

Revista HCS-Manguinhos

O conhecimento transnacional durante a Guerra Fria é o tema do dossiê que a revista História, Ciências, Saúde – Manguinhos apresenta em sua primeira edição de 2019. Para abrir o ano em que o periódico científico da Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz) celebra seu aniversário de 25 anos, a equipe editorial da HCS-Manguinhos também selecionou outros dez artigos, sobre os mais variados temas, que estruturaram o número 1 do volume 26 (janeiro a março) da revista. As seções Fontes, Depoimento, Nota de Pesquisa e Livros & Redes complementam a edição. Confira a edição na íntegra.

Na Carta dos Editores, os pesquisadores Marcos Cueto e André Felipe Cândido da Silva manifestam a satisfação de celebrar os

Planejamento Regional no Estado de São Paulo

A Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional (Anpur) premiou o livro Planejamento Regional no Estado de São Paulo: Polos, Eixos e a Região dos Vetores Produtivos (Annablume, 2018), de autoria do professor Jeferson Tavares, do Instituto de Arquitetura e Urbanismo de São Carlos, da Universidade de São Paulo (IAU-USP).

A obra, baseada na tese de doutorado de Tavares, foi publicada com apoio da FAPESP. Discute o desvendamento das ideias, planos, projetos e obras que determinaram a atual lógica do território paulista. São analisadas as ações planejadoras e o processo de urbanização do Estado de São Paulo entre as décadas de 1910 e 1980.

Resultado de oito anos de pesquisa junto

Machado de Assis

Organizado por pesquisadores da USP, volume reúne seleção de textos de grandes escritores do século 20 sobre o autor imortal

“A verdadeira história de um escritor principia na hora da morte, e de nós depende em grande parte a sua sobrevivência”, afirma o professor Hélio de Seixas Guimarães, citando uma frase de Augusto Meyer para retratar a importância do autor de Memórias Póstumas de Brás Cubas, “que desde 29 de setembro de 1908 vem ganhando novas dimensões e interpretações as mais diversas”. O escritor, poeta, romancista, cronista, dramaturgo, jornalista e crítico literário Machado de Assis (1839-1908), considerado por muitos críticos e estudiosos o maior nome da literatura do Brasil, é tema das pesquisas realizadas por Guimarães,

Biblioteca Virtual de Povos Indígenas

A Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Ensp/Fiocruz), o Instituto de Informação e Comunicação em Saúde (Icict/Fiocruz) e a Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) institucionalizaram a Biblioteca Virtual de Saúde dos Povos Indígenas. O espaço virtual organiza o acúmulo de experiências do campo, apresentando, de forma clara e objetiva, informações para diferentes públicos, entre eles gestores, profissionais de saúde, estudantes e lideranças indígenas.

Segundo a organizadora do projeto, a pesquisadora do Departamento de Endemias da Ensp/Fiocruz, Ana Lucia Pontes, a ideia da Biblioteca Virtual de Saúde dos Povos Indígenas surgiu diante do acúmulo de conhecimento do Grupo de Pesquisa em Saúde, Epidemiologia e Antropologia do Povos Indígenas nos mais de 20 anos de