Vou Pro Sereno

Com mais de 20 anos de carreira, o grupo carioca Vou Pro Sereno apresenta-se na Comedoria do Sesc Belenzinho, no dia 23 de novembro, sexta às 21h30, integrando o projeto Salve Samba! da unidade, para comemorar o lançamento do DVD recém-lançado, A Força do Nosso Som.

Formado por Alex Sereno (tantã e voz), Júlio César (pandeiro e voz), Paulinho (reco-reco e voz) e Rodrigo Sereno (violão e voz) – o conjunto interpreta músicas próprias, entre elas Essa Preta, Mulher Não Manda em Homem, Vou pro Sereno, Quero Mais, Nada pra Fazer, Me Desculpe a Franqueza e Logo Dou Um Jeito, bem como clássicos do samba de roda, do partido alto e do samba de terreiro.

Formado em 1997, o Vou Pro Sereno surgiu na zona oeste do Rio de Janeiro, inicialmente, apenas como Sereno. Entre os diversos shows, apresentou-se por dois anos consecutivos no Disco Voador, tradicional casa no bairro Marechal Hermes. O projeto semanal foi tão bem sucedido que o sucesso chegou até um dos mestres do samba, o músico Sombrinha (ex-integrante do Fundo de Quintal) que os convidou para compor a base de sua banda. Juntos fizeram várias temporadas em um dos espaços mais tradicionais do Rio, o Teatro João Caetano.

Rebatizado com o atual nome, em 2008, o VPS, como é carinhosamente chamado pelos fãs, lançou o primeiro disco, um EP, É Isso que Eu Te Falo, com seis canções autorais. Depois da primeira década de estrada, os sambistas de Realengo e Magalhães Bastos ganharam projeção e passaram a integrar a ‘elite’ do samba carioca e suas músicas alcançaram as rádios, chegando ao público de todo o país.

Em 2011, gravou o primeiro DVD, Vou Pro Sereno, na Lona Cultural Gilberto Gil, em Realengo, com participação especial de Mumuzinho. O segundo DVD, A Força do Nosso Som, lançado em 2018, registra 40 canções, tendo participação especial de artistas como Reinaldo (parceiro do grupo), Ludmilla, Mumuzinho, Marquinhos PQD e Xande de Pilares.

Salve Samba! é um projeto do Sesc Belenzinho que contempla esse ritmo genuinamente brasileiro em seus diversos estilos, apresentado por artistas da jovem e da velha guarda.

Serviço

Show: Vou Pro Sereno
Data: 23 de novembro. Sexta, às 21h30
Local: Comedoria (500 lugares).
Não recomendado para menores de 18. Duração: 1h30.

Ingressos: R$ 20,00 (inteira); 10,00 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante) e R$ 6,00 (credencial plena do Sesc - trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes). Vendas pelo portal e unidades do Sesc. Limite de 4 ingressos p/ pessoa.

Com mais de 20 anos de carreira, o grupo carioca Vou Pro Sereno apresenta-se na Comedoria do Sesc Belenzinho, no dia 23 de novembro, sexta às 21h30, integrando o projeto Salve Samba! da unidade, para comemorar o lançamento do DVD recém-lançado, A Força do Nosso Som.

Formado por Alex Sereno (tantã e voz), Júlio César (pandeiro e voz), Paulinho (reco-reco e voz) e Rodrigo Sereno (violão e voz) – o conjunto interpreta músicas próprias, entre elas Essa Preta, Mulher Não Manda em Homem, Vou pro Sereno, Quero Mais, Nada pra Fazer, Me Desculpe a Franqueza e Logo Dou Um Jeito, bem como clássicos do samba de roda, do partido alto e do samba de terreiro.

Formado em 1997, o Vou Pro Sereno surgiu na zona oeste do Rio de Janeiro, inicialmente, apenas como Sereno. Entre os diversos shows, apresentou-se por dois anos consecutivos no Disco Voador, tradicional casa no bairro Marechal Hermes. O projeto semanal foi tão bem sucedido que o sucesso chegou até um dos mestres do samba, o músico Sombrinha (ex-integrante do Fundo de Quintal) que os convidou para compor a base de sua banda. Juntos fizeram várias temporadas em um dos espaços mais tradicionais do Rio, o Teatro João Caetano.

Rebatizado com o atual nome, em 2008, o VPS, como é carinhosamente chamado pelos fãs, lançou o primeiro disco, um EP, É Isso que Eu Te Falo, com seis canções autorais. Depois da primeira década de estrada, os sambistas de Realengo e Magalhães Bastos ganharam projeção e passaram a integrar a ‘elite’ do samba carioca e suas músicas alcançaram as rádios, chegando ao público de todo o país.

Em 2011, gravou o primeiro DVD, Vou Pro Sereno, na Lona Cultural Gilberto Gil, em Realengo, com participação especial de Mumuzinho. O segundo DVD, A Força do Nosso Som, lançado em 2018, registra 40 canções, tendo participação especial de artistas como Reinaldo (parceiro do grupo), Ludmilla, Mumuzinho, Marquinhos PQD e Xande de Pilares.

Salve Samba! é um projeto do Sesc Belenzinho que contempla esse ritmo genuinamente brasileiro em seus diversos estilos, apresentado por artistas da jovem e da velha guarda.

Serviço

Show: Vou Pro Sereno
Data: 23 de novembro. Sexta, às 21h30
Local: Comedoria (500 lugares).

Não recomendado para menores de 18. Duração: 1h30.

Ingressos: R$ 20,00 (inteira); 10,00 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante) e R$ 6,00 (credencial plena do Sesc - trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes). Vendas pelo portal e unidades do Sesc. Limite de 4 ingressos p/ pessoa.

Sesc Belenzinho

Endereço: Rua Padre Adelino, 1000
Belenzinho – São Paulo (SP). Telefone: (11) 2076-9700
www.sescsp.org.br/belenzinho

Estacionamento: Para espetáculos com venda de ingressos após as 17h: R$ 15,00 (não matriculado); R$ 7,50 (credencial plena no SESC - trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo/ usuário).

Endereço: Rua Padre Adelino, 1000
Belenzinho – São Paulo (SP). Telefone: (11) 2076-9700
www.sescsp.org.br/belenzinho

Estacionamento: Para espetáculos com venda de ingressos após as 17h: R$ 15,00 (não matriculado); R$ 7,50 (credencial plena no SESC - trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo/ usuário

Pin It