Música

 Hanine El Alam

A jovem violinista libanesa Hanine El Alam é uma das mais versáteis e carismáticas personalidades da cena musical contemporânea. Consagrada no Oriente Médio e países do mundo árabe, e com sua carreira em momento expansão internacional – já se apresentou em países como Grécia, Portugal e Estados Unidos –, Hanine chega agora pela primeira vez ao Brasil.
Hanine El Alam vai mostrar aos brasileiros sua arte, que mistura o leste e o oeste para dar origem a um novo gênero musical que mescla febre latina com pulsantes ritmos orientais e é só dela. Com o som mágico de seu violino e movimentos suaves, Hanine cria uma fascinante fusão artística de melodia e dança que transporta seu

Roglit Ishay

Estão de volta os Concertos EPTV. A tradicional programação, que há quase duas décadas promove concertos em cidades do interior do Estado, dá início a sua Temporada 2019 com uma sequência de cinco concertos a serem realizados nas cidades de Americana, Piracicaba, Campinas, Santa Bárbara d'Oeste e Limeira, nos dias 22, 23, 24, 25 e 26 de Maio.

Com patrocínio do Ministério da Cidadania, CCR AutoBAn e Instituto CCR, as cinco apresentações – todas elas gratuitas – terão no palco o quarteto formado por Roglit Ishay, pianista israelense radicada na Alemanha, e o trio de cordas integrado por Pablo de León, Horácio Schaefer e Roberto Ring, grupo musical permanente do projeto.

O projeto Concertos EPTV

Taíssa Poliakova-Cunha e Yuri Marchese

No dia 18 de maio, sábado, às 20h, o Centro de Música Brasileira homenageia o compositor Heitor Villa-Lobos (1887-1959) no Centro Brasileiro Britânico em Pinheiros. Primeiro apresenta-se o violonista Yuri Marchese e depois a pianista portuguesa Taíssa Poliakova-Cunha. A série conta com o Apoio Cultural da Cultura Inglesa de São Paulo. Grátis!

Heitor Villa-Lobos (1887-1959) foi o mais importante e reconhecido maestro brasileiro. Além de maestro, ele foi compositor de mais de mil obras e sua figura teve grande importância no período do modernismo no Brasil. Seu talento foi essencial para trazer à tona aspectos de uma música brasileira, com foco na cultura popular e regional.

Nascida em Lisboa, Taíssa Poliakova-Cunha é Mestre em Música

Semiorquestra

Grupo traz repertório autoral em que músicas em ritmos latinos estão relacionadas à gastronomia

Composta de 11 músicos – parte deles oriunda da USP -, a Semiorquestra lançou em março passado seu primeiro álbum, intitulado Jogos e Quitutes. “O trabalho apresenta um repertório instrumental e inteiramente autoral, que passeia por diversos gêneros musicais latino-brasileiros, como guitarrada, carimbo, frevos e sambas”, informa a assessoria do grupo. “Todos esses ritmos e referências são costurados por jogos e brincadeiras musicais e atravessados por alusões ao universo gastronômico latino.” O grupo inclui cinco instrumentos de sopro, guitarra, violão de sete cordas, baixo, bateria e percussão.

No dia 11 de abril, quatro membros do grupo foram entrevistados no programa Via

Zé Guilherme

Artista que sempre se destacou como intérprete, Zé Guilherme, comemora 20 anos de carreira com o lançando de Alumia, seu quarto disco composto por músicas autorais em sua maioria. O show acontece no dia 29 de março, sexta, no Teatro do Sesc Belenzinho, às 21 horas.

Após lançar, em 2015, um disco em homenagem ao “cantor das multidões”, o artista cearense, radicado em São Paulo, registrou nesse trabalho canções autorais e parcerias. No show, além de faixas de Alumia, Zé Guilherme mostra composições dos três discos anteriores: Recipiente, Tempo ao Tempo e Abre a Janela - Zé Guilherme Canta Orlando Silva.

Nesse novo álbum, Zé Guilherme assina letra e melodia das composições “Alumia”, “Teus Passos”

Portinho,  Grumser e Fróes

A série Recitais de Guiomar Jazz apresenta o trio Portinho, Grumser, Fróes, dia 8 de maio, às 20h, dentro da nova programação da Sala Cecilia Meireles que valoriza a música autoral contemporânea brasileira. O repertório tem como base a sonoridade jazzística da música brasileira das décadas de 1960/70.

Separados por uma geração inteira, Raphael Grumser, guitarrista com 24 anos radicado nos EUA, e Lipe Portinho, contrabaixista/arranjador com 51, gravaram em 2018 um CD com a cantora estoniana Pille-Rite Rei só de composições originais e aí começou a parceria que desaguou no Duo Portinho Grumser e depois no Trio com o baterista Andre Fróes.

“Encontrei o Grumser pela primeira vez, em 2017, em uma canja num

Lollapalooza Brasil

Confira as informações de troca de pulseiras, acessos, PCD (pessoas com deficiência), transporte, segurança, alimentação e dicas úteis para aproveitar o festival

O Lollapalooza Brasil 2019, que acontece nos dias 5, 6 e 7 de abril, em São Paulo, no Autódromo de Interlagos, traz informações importantes sobre bilheteria, acesso, PCD, segurança, alimentação e dicas para aproveitar ao máximo os três dias de shows.

A oitava edição deste que é um dos mais importantes eventos de música e experiência do mundo, contará com os headliners Arctic Monkeys, Tribalistas, Sam Smith e Tiësto, no dia 5 de abril; Kings of Leon, Post Malone, Lenny Kravitz e Steve Aoki, no dia 6 de abril; Kendrick Lamar, TWENTY ØNE

Tom Jobim

Os concertos, com participação de sete grandes instrumentistas brasileiros, serão realizados na CAIXA CULTURAL São Paulo no final de semana de 24 a 27 de Janeiro, em comemoração aos 92 anos que Jobim estaria completando no dia 25.

Além das apresentações musicais, o projeto terá também dois bate-papos sobre Jobim e sua obra. No dia 25, com Fábio Caramuru e Marco Bernardo, e no dia 26 com Fábio Caramuru e João Marcello Bôscoli.

Antonio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim, ou simplesmente Tom Jobim (1927-1994), é um dos maiores nomes de todos os tempos da música brasileira. Notável como compositor, pianista e arranjador, foi um dos criadores do histórico movimento bossa nova.

Para relembrar Jobim e celebrar

Danilova

O show “Dub Lova Experimental Sounds”, projeto do DJ, produtor musical e live performer Danilova, chega a cidade de São Paulo e tem apresentação única marcada para o dia 10 de maio de 2019, às 21h00, no Aparelha Luzia (Rua Apa, 78 – Campos Elíseos). O espetáculo tem Entrada Fraqnca. O projeto tem apoio do edital Programa de Ação Cultural do Governo do Estado de São Paulo para gravação de álbum inédito e espetáculos de música alternativa ou eletrônica.

O público acompanhará um show rico em diversidade sonora, cuja a essência nasce do diálogo entre o Dub (estilo musical que surgiu na Jamaica onde destaca-se o remix de músicas do reggae valorizando a pulsação do

Zé Guilherme

No dia 24 de abril (quarta, às 16h30), o cantor e compositor Zé Guilherme é o convidado do projeto Segue o Baile do Sesc Pompeia. O artista apresenta o repertório de seu terceiro CD Abre a Janela – Zé Guilherme Canta Orlando Silva, lançado em 2015, além de sucessos de outros intérpretes.

O Segue o Baile são apresentações musicais diversas dirigidas ao público da terceira idade e frequentadores em geral. Ocorre toda quarta-feira na Comedoria e os convites podem ser retirados com 1 hora de antecedência na bilheteria da unidade.

Abre a Janela – Zé Guilherme Canta Orlando Silva é uma homenagem a um dos mais significativos intérpretes da música popular brasileira, que completaria 100

Duca Belintani

O guitarrista paulista Duca Belintani apresenta seu mais recente álbum, How Long (2017), no dia 13 de janeiro, domingo, no Teatro do Sesc Belenzinho, às 18 horas, integrando o projeto Leste Blues da unidade.

No show, Duca Belintani (voz, guitarra e cigar box), se apresenta ao lado de Benigno Sobral (baixo), Ulisses da Hora (bateria) e Ricardo Scaff (gaita), e transita entre o blues do Mississippi e de Chicago.

Clássicos como Sweet Home Chicago, Crossroads (Robert Johnson), Baby Please Don't Go (Big Joe Williams) e How Long (Leroy Carr) fazem parte do repertório, além de composições próprias que integram seu novo disco.Guitarrista, professor e produtor, Belintani atua no mercado musical há mais de 35 anos.