Artes Plásticas

exposição fotográfica "Dípticos"

O Passeio Shopping promove, até o dia 15 de agosto, a exposição fotográfica “Dípticos”.  A mostra é uma parceria com o fotógrafo Helcio Peynado, que exibirá fotos com a técnica dípticos, uma combinação de duas imagens que se relacionam entre si. A relação pode ser vista a partir da sequência de duas fotos ou de significados. A entrada é gratuita.

A exposição celebra os 13 anos do Curso de Fotografia de Helcio Peynado, onde os alunos foram convidados a se inspirarem na técnica de unir duas fotos formando uma só.

Sob curadoria de Malu Ravagnani, o acervo conta com 70 fotos, que expressam o olhar do fotógrafo naquilo que é um todo e se

'Estudos Photosequence 09' e 'Estudos Photosequence 31'. Foto: divulgação

A Funarte São Paulo apresenta, a partir de sábado, 20 de junho, a exposição Estudos Superficiais, do artista carioca Gustavo Speridião. A mostra, que recebeu o Prêmio Funarte de Arte Contemporânea 2014, fará temporada na Galeria Mario Schenberg do Complexo Cultural da Alameda Nothmann e começa com um bate-papo com o artista e o curador, Guilherme Bueno.

Inédita no Brasil, a série Estudos Superficiais já foi exibida, em parte, na Maison Européenne de la Photographie, em Paris, em 2013. O conjunto é composto por obras em preto e branco – 94 fotografias e um filme digital de 55 minutos – que exploram situações da vida cotidiana através de um olhar atento a composições formais.

Cosmografias

A partir do dia 4 de julho, o público poderá conferir a mostra individual Cosmografias (para São Paulo), de Mayana Redin, no Arquivo Histórico de São Paulo, no Bom Retiro. Na exposição, a artista exibe tipologias de edifícios com nomes “cósmicos” situados em diferentes bairros da capital paulista: Astro, Planeta, Júpiter, Andrômeda, Saturno, dentre outros. O trabalho faz parte da terceira edição do projeto e, durante o desenvolvimento da pesquisa, foi contemplado com a Bolsa Funarte de Estímulo à Produção em Artes Visuais 2014. Já o lançamento do livro-álbum Edifício Cosmos acontece no dia 25 de julho, às 15h, também no Arquivo Histórico. A obra reúne fotografias dos letreiros de edifícios encontrados em São Paulo,

Peru

O leiloeiro James Lisboa realiza no final de Junho seu segundo grande leilão de 2015. Estará no pregão um magnífico conjunto de 290 obras – pinturas, esculturas, gravuras, fotografias – de 158 artistas brasileiros consagrados modernos e contemporâneos. O leilão acontece em dois dias: na segunda-feira 29 de Junho, no Leopolldo Jardins; e na terça-feira 30 de Junho, no James Lisboa Escritório de Arte. Durante toda a semana anterior, a partir do dia 22, as obras estarão em exposição no James Lisboa Escritório de Arte.

Um dos leiloeiros de arte de maior credibilidade no mercado brasileiro, James Lisboa realiza mais um grande leilão, sempre com arte moderna e contemporânea da mais alta qualidade. O

Fragmento de convite

Pesquisa de mestrado é de Lucas Costa, no Instituto de Artes da Unesp

A exposição de esculturas 'Processos Instáveis', realizada a partir de pesquisa de mestrado de Lucas Costa, ocorre no Instituto de Artes (IA) da Unesp, em São Paulo, SP.

A mostra faz parte do projeto de finalização de mestrado do orientando do professor Agnus Valente do Departamento de Artes Visuais do IA. A exposição apresenta a produção artística do autor e, também, de trabalhos realizados em parceria com Bruno Brito (dupla COSTA&BRITO), durante o período de março de 2013 a maio de  2015.

Os procedimentos utilizados nos trabalhos apresentados estão às voltas de um certo raciocínio escultórico, que por sua vez, necessitam de

Instalação de Maurício Adinolfi contraria percepção de espaço de arte

Em 'Calafate – um homem é um barco', ideia do mar sugere a descoberta interior. Entrada franca

A partir deste sábado, 20 de junho, a Galeria Flávio de Carvalho abriga uma nova exposição contemplada com o Prêmio Funarte de Arte Contemporânea 2014. O artista premiado é Maurício Adinolfi, que assina a instalação Calafate – um homem é um barco. A obra de Adinolfi fez aportar na Funarte, como um obstáculo aparente à entrada do visitante, um velho barco caiçara, de 10 metros de comprimento.

Deslocado, inclinado e estranho ao ambiente, o artefato contraria a percepção habitual de espaço de arte. É preciso entrar pela lateral da galeria para avistar a parte interna desta velha

Bruno Baptistelli – Narrativas cotidianas

Exposição 'Narrativas Cotidianas', de Bruno Baptistelli, com curadoria de Tomás Toledo, estará aberta à visitação na Galeria Fayga Ostrower, de 28 de maio a 12 de julho

No dia 28 de maio, quinta-feira, às 19h, será aberta a exposição Narrativas Cotidianas, individual de Bruno Baptistelli, na Galeria Fayga Ostrower, no Complexo Cultural Funarte Brasília. O projeto foi contemplado com Prêmio Funarte de Arte Contemporânea 2014 – Atos Visuais Funarte Brasília. A mostra de fotografia, pintura e design estará aberta à visitação pública até dia 12 de julho, de segunda-feira a domingo, das 9h às 21h, com entrada gratuita.

Com curadoria de Tomás Toledo, a exposição apresenta trabalhos que Baptistelli produziu após uma viagem de