Embrapa expande conteúdos sobre aquicultura

O Centro de Inteligência e Mercado em Aquicultura (CIAqui), espaço digital organizado pela Embrapa e voltado a essa cadeia produtiva de valor, tem recebido novos tipos de conteúdos. A ideia é acompanhar as necessidades do mercado de aquicultura, procurando gerar e compartilhar dados e informações interessantes para os diversos segmentos ligados à área.

O pesquisador Manoel Pedroza, da Embrapa Pesca e Aquicultura (Palmas-TO), está à frente da equipe responsável pela manutenção do CIAqui. Segundo ele, “as atualizações e as inserções de novas temáticas tornam o centro mais interessante aos usuários pois asseguram o acesso a dados recentes e de interesse para o setor. Neste sentido, vale ressaltar que a inserção de novas temáticas de dados sempre visa a atender demandas dos agentes da cadeia, como foi o caso de itens inseridos recentemente como as estatísticas de peixes ornamentais e novas informações sobre a produção de tilápia”.

Nas últimas semanas, novos itens foram acrescentados à página do centro. No item “produção brasileira”, por exemplo, foram inseridos dados referentes a 2018 e referentes a peixes nativos e exóticos. Já o item “comércio exterior” agora tem dados de peixes ornamentais. No item que publica cotações da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), há três novas espécies – pintado, truta e salmão – que se juntam à tilápia. Outra novidade é uma seção específica para canais de vídeos relacionados a aquicultura.

Lançado oficialmente em setembro último, o CIAqui está com avaliação positiva, de acordo com Manoel: “foi muito bem recebido pelo setor aquícola, que já vem utilizando-o como referência para acesso a informações”. O pesquisador relata a repercussão do espaço digital. “Tenho recebido um retorno muito positivo tanto por parte de agentes institucionais (extensionistas, pesquisadores etc.) como de empresas e produtores da aquicultura”, conta.

Conheça um pouco mais do centro na vídeo animação a seguir.

 

Resultado de projeto – O CIAqui é um dos resultados do BRS Aqua, projeto em que estão envolvidos aproximadamente 270 empregados de mais de 20 Unidades da Embrapa. Liderado pela pesquisadora Lícia Lundstedt, da Embrapa Pesca e Aquicultura, ele tem forte caráter estruturante, com destaque para campos experimentais e laboratórios. Outro destaque do BRS Aqua é seu caráter de formação técnica na área de aquicultura, capacitando bolsistas e estagiários.

O BRS Aqua conta com recursos financeiros de três fontes complementares: o Fundo Tecnológico do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (Funtec / BNDES); a Embrapa; e a Secretaria de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SAP / Mapa) – recursos que vêm sendo executados pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Clenio Araujo (6279/MG)
Embrapa Pesca e Aquicultura

Pin It