Teatro

Detalhe do cartaz da peça Um Homem é um Homem

Com direção da professora Cristiane Paoli Quito, peça fica em cartaz até o dia 17 de dezembro, na Cidade Universitária

Está em cartaz no Teatro Laboratório da Escola de Arte Dramática (EAD) da USP a peça Um Homem é um Homem, do dramaturgo alemão Bertolt Brecht (1898-1956). O texto encenado pela Turma 67 da EAD, com direção da professora Cristiane Paoli Quito, é uma mescla da tradução de Fernando Peixoto do original de Brecht e da adaptação de Paulo José para o Grupo Galpão, tradicional companhia de teatro fundada em Belo Horizonte (MG).

“No final, fizemos um caminho entre as duas versões. A tradução do Fernando Peixoto, por ser do

Histórias de amor

Sessão grátis dia 6 de dezembro, quarta-feira, das 10h30 às 11h30

A peça "O rapaz da rabeca e a moça Rebeca" será apresentada na estação Central do Brasil na próxima quarta-feira, 6 de dezembro. Inspirada na história “O rapaz da rabeca e a moça da camisinha”, do cordelista cearense José Mapurunga, o espetáculo conta a história de João e Rebeca, jovens de famílias rivais que se apaixonam, tal qual Romeu e Julieta. Expulso da distante Cantiguba-dos-Aflitos, João sai pelo mundo com sua rabeca, um instrumento musical, e se torna um artista famoso. Ele promete voltar à sua terra e se casar com Rebeca, mas uma notícia inesperada muda os rumos da

Deus lhe Dê em Dobro

Em dezembro, o Grupo Dragão7 de Teatro apresenta o espetáculo Deus lhe Dê em Dobro nos 10 Anos do Circuito Cultural Paulista, da Secretaria de Cultura do Governo do Estado de São Paulo, realizado com o apoio do Ministério da Cultura e patrocínio do Grupo Lwart.

No dia 1º de dezembro (sexta, às 20h30) a apresentação é em Lençóis Paulista, na Biblioteca Municipal Orígenes Lessa; no dia 2 de dezembro (sábado, às 11h), em Bauru, na Praça Rui Barbosa; e no dia 3 de dezembro (domingo, às 18h30), em Garça, no gramado da Concha Acústica. Todas as apresentações são grátis.

No enredo, dois mendigos com limitações físicas esperam pelo seu

Junior Lima e Leticia Bortoletto

O Grupo Dragão7 de Teatro apresenta, no dia 28 de outubro (sábado, às 20h), o espetáculo Deus Lhe Dê em Dobro, no Centro de Artes Cênicas Walmor Chagas, em São José dos Campos (SP), com entrada franca.

No enredo, dois mendigos com limitações físicas esperam pelo seu salvador. Com muito bom humor a peça provoca reflexões sobre a condição humana no planeta, diante das questões sociais e econômicas.

Após a apresentação, o Grupo Dragão7 realiza um debate com o público sobre Acessibilidade. A discussão parte do jogo de dependência que se estabelece entre as personagens, caracterizadas pelas limitações físicas e sociais.

A montagem é uma adaptação da diretora Creuza F

Mateus Monteiro

Baseado em contos do gaúcho Caio Fernando Abreu, o ator Mateus Monteiro reestreia “Amarelo Distante”

O monólogo Amarelo Distante reestreia no Teatro da USP (Tusp) com a dramaturgia e direção de Kiko Rieser e atuação de Mateus Monteiro. Baseado em contos do jornalista e escritor gaúcho Caio Fernando Abreu (1948-1996), o monólogo, em sua segunda temporada em São Paulo, traz as descobertas, solidão e dor de um jovem em terras estrangeiras.

A peça, mistura de ficção e realidade, é baseada na experiência do escritor que, nos anos 70, ficou exilado em Londres. O cotidiano difícil e solitário em uma terra desconhecida, a sensação de estrangeirismo, a falta de dinheiro,

Mindelact flyer

Prestes a completar 30 anos de história, em 2018, o Grupo Dragão7 de Teatro participa do MINDELACT – Festival de Teatro do Mindelo, em Cabo Verde, maior evento de artes cênicas da África Ocidental.

A Companhia apresenta-se nos dias 4 e 6 de novembro, às 18 horas, com o espetáculo “Deus lhe dê em dobro”, dirigido por Creuza F. Borges, interpretado por Leticia Bortoletto e Junior Lima. As sessões acontecem na Ilha de São Vicente, nas praças Salamansa e Ribeira Bote.

No enredo de “Deus lhe dê em dobro”, uma adaptação da diretora para texto de Sérgio Mabombo, dois mendigos com limitações físicas esperam pelo seu salvador. Com muito

coletivos teatrais

Entre os dias 1º e 25 de novembro, a Cia. Teatro do Incêndio abre inscrições para o 3º Edital A Aurora é Coletiva – Residência Artística. Serão selecionados dois coletivos teatrais para desenvolverem trabalhos de pesquisa estética e/ou imersão em suas produções.

Durante quatro meses (de 1º de dezembro de 2017 a 18 de abril de 2018), os grupos poderão trabalhar nas dependências da sede do Teatro do Incêndio, tendo apoio financeiro de R$ 16.000,00.

As inscrições devem ser feitas unicamente pelo portal SP Cultura - http://spcultura.prefeitura.sp.gov.br/projeto/3248/, onde pode ser acessado o regulamento e o edital. Os selecionados serão convocados para uma reunião a fim de formalizar a parceria, até

Os Crespos

A Cia. Os Crespos lança no dia 30 de agosto de 2017 no Sesc Belenzinho (Rua Padre Adelino, 1000 - Sala de espetáculos II - 3o andar), das 15h às 21h30, o segundo número da revista "Legítima Defesa - Uma Revista de Teatro Negro". O evento gratuito traz ao público intensa programação cultural que envolve mesa de debates sobre o percurso do Teatro Negro no Brasil, além de shows musicais com convidados, intervenção artística da Cia. Os Crespos e distribuição gratuita de exemplares. Os Crespos contam, novamente, com o apoio da Lei de Fomento para a Cidade de São Paulo e de recursos próprios para sua publicação física e virtual.

A Revista

espetaculo interativo Coreo

Espetáculo que mescla dança e jogos acontece em duas versões: no Teatro Cacilda Becker, voltada mais para crianças; e no Instituto Caleidos, voltado para jovens e adultos. Em ambas as versões, a proposta é que toda a família dance junta

No próximo final de semana (sábado, 28/10 e domingo, 29/10), o Caleidos Cia de Dança apresenta o espetáculo “Coreô”, uma dança em jogo e um jogo em cena. Neste trabalho, os bailarinos compartilham com o público propostas que podem ser jogadas ou assistidas, criando cenas em tempo real a partir de jogos que proporcionam dança. Em “Coreô” os jogos que proporcionam dança e criam as cenas são propostos por meio de

Paulo Betti

No dia 11 de setembro (segunda), os atores Paulo Betti e Elosia Vitz participam de bate-papo sobre violência contra a mulher após sessão do espetáculo O Orgulho da Rua Parnell, na SP Escola de Teatro. O encontro tem mediação do diretor da peça, Darson Ribeiro, e da advogada Carla Boin. A peça narra a história de amor de um casal que tem desfecho dramático mediante um ato medonho de violência por parte do marido.

A temporada de O Orgulho da Rua Parnell - sábados (21h), domingos (19h) e segundas (20h) - e os bate-papos fazem parte residência artística que Darson Ribeiro realiza na SP Escola de Teatro, até o dia 25

teatro laboratorio

Na USP, alunos de Artes Cênicas e futuros atores criam, ensaiam e se apresentam no Teatro Laboratório

Na USP, as artes cênicas encontram seu espaço em dois cursos oferecidos pela Escola de Comunicações e Artes (ECA): o do Departamento de Artes Cênicas (CAC), que envolve bacharelado e licenciatura, e o da Escola de Arte Dramática (EAD), que é uma escola técnica de formação de atores.

E os alunos desses dois cursos encontram no Teatro Laboratório um espaço didático e de experimentação privilegiado, onde, além de aulas e ensaios, podem apresentar ao público o resultado do processo criativo nele desenvolvido. Fomos até lá conhecê-lo:

As apresentações, divulgadas pelo site, são