O livro lançado pela Editora da USP

Obra lançada pela Editora da USP mostra as dificuldades enfrentadas no processo de apropriação da região

Uma viagem ao interior do Brasil no século 17. Assim pode ser definido o livro Rios e Fronteiras: Conquista e Ocupação do Sertão Baiano, que acaba de ser publicado pela Editora da USP (Edusp). A obra é de autoria de Márcio Roberto Alves dos Santos, doutor em História Social pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP. Através de um dossiê, o especialista busca analisar os motivos pelos quais as áreas centrais da América portuguesa se formaram de maneira irregular e incompleta.

Partindo da tese vencedora do Prêmio Internacional de Pesquisa em História, na categoria Império: Território & Terra, em 2013, Santos engloba em sua obra temas como hidrografia, ocupação, religião e resistência de grupos indígenas e quilombolas, para entender a colonização local.

No livro, mapas, tabelas e gráficos ajudam o leitor a situar-se no contexto histórico e de guerra. Da distribuição populacional à religiosa no interior baiano de 1700, a infografia, assim como as referências acadêmicas, são fundamentais para responder à questão abordada pelo autor: como exercer a arte da dominação em um ambiente de condições desfavoráveis.

Região abordada no livro

 Rafael Castino
Jornal Da USP

Pin It