ciencia movel

Um museu itinerante cheio de atividades interativas com temas científicos que estimulam e instigam pessoas de todas as idades. Isso é o que oferece o Ciência Móvel - Arte e Ciência sobre Rodas, iniciativa do Museu da Vida da Fiocruz, que estará na cidade mineira de Campo Belo com seus módulos expositivos. As atividades exploram os seguintes temas: Por dentro de nós, Na onda da transformação e Viagens Cósmicas. Além disso, haverá apresentação da peça O rapaz da rabeca e a moça Rebeca e do grupo Nopok, que mistura circo e ciência em seus espetáculos.

Em Por dentro de nós, o público fica sabendo sobre o corpo humano e a saúde: o mundo micro (microscopia e entomologia), o mundo macro (modelos anatômicos, sistemas vitais), percepção (percepção visual comas câmaras escuras e os modelos de olho, anamorfose e ilusão de óptica), percepção auditiva (espelhos sonoros, modelo de orelha e diapasão). Na onda da transformação, a temática fica em torno de energia e movimento: energia elétrica (pilha humana, casa maquete, mini usina hidrelétrica) e energia mecânica (cadeira giratória, alavanca, roldanas, girotec).

A diversão e o conhecimento abrangem muito mais nessa visita do Ciência Móvel a Campo Belo, que completará 138 anos no próximo dia 28 de setembro. Com o tema Viagens cósmicas, o visitante faz uma verdadeira viagem com ajuda do nosso planetário digital, que explora diversos aspectos de fenômenos astronômicos.

Em uma mistura de arte e ciência, a peça O rapaz da rabeca e a moça Rebeca poderá ser vista nos dias 27, 28 e 29 de setembro nas escolas municipais. No dia 30, haverá apresentação também na praça Rui Barbosa. No palco, um texto leve, divertido e com tempero bem brasileiro – com uso do cordel – sobre a história de um casal de jovens apaixonados que aborda o tema do HIV/Aids. O espetáculo é dirigido a estudantes do 8º ao 9º ano do ensino fundamental e, também, do ensino médio.

O grupo Nopok fará sua apresentação entre os dias 27 e 30 de setembro. O público assiste ao espetáculo No Pocket, no qual são utilizadas música, dança, comédia física e efeitos cômicos.

A unidade móvel é uma iniciativa com patrocínio da Sanofi e copatrocínio da Droga Raia, Fábrica Carioca de Catalisadores (FCC) e EDF Norte Fluminense, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. O caminhão da ciência também conta com apoio do CNPq / Ministério da Ciência e Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC). Mais de 650 mil pessoas já participaram das atividades do Ciência Móvel, em quase 11 anos de viagens por cidades da Região Sudeste do país. 

De acordo com o IBGE, o município de Campo Belo possui pouco mais de 54 mil habitantes. Está localizado a 226 quilômetros da capital Belo Horizonte e seu Índice de Desenvolvimento Humanos Municipal (IDH-M) de 0,776 é considerado alto. Saiba mais sobre o Ciência Móvel no site do Museu da Vida

Serviço:
Ciência Móvel - Arte e Ciência sobre Rodas
Local: Ginásio Municipal Dr. José Alvarenga
Endereço: Avenida Afonso Pena, s/n (ao lado da rotatória)
Data: 27 a 30 de setembro.
Horários:
- Dias 27, 28 e 29 de setembro: das 8h às 12h; e das 13h30 às 16h30.
- Dia 30 de setembro: das 8h às 12h.

Atendimento à Imprensa
Prefeitura de Campo Belo
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Telefone: (35) 3831-7900 (ramal 270)

Haendel Gomes
COC/Fiocruz

Pin It