FAPESP apresenta oportunidades de pesquisa para estrangeiros

Instrumentos de fomento da Fundação serão mostrados na Naturejobs Career Expo Boston

A FAPESP participa, no dia 20 de maio, nos Estados Unidos, da Naturejobs Career Expo Boston 2015, uma das principais feiras de empregos na área científica.

Oportunidades de pesquisa no Estado de São Paulo para jovens cientistas de outros países serão apresentadas no evento. Em sua segunda edição em Boston, a exposição oferece um espaço de interação entre pesquisadores e potenciais empregadores – como universidades, indústrias, institutos de pesquisa – ou agências de fomento e outros órgãos governamentais.

A programação do evento inclui sessões de workshop e uma conferência plenária para que pesquisadores em início de carreira também conheçam cientistas de renome e obtenham informações e conselhos sobre suas carreiras.

A FAPESP será representada no evento por Roberto Marcondes Cesar Junior, membro da Coordenação do programa Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) e da coordenação adjunta de Ciências Exatas e Engenharias da FAPESP.

Marcondes Cesar, que é professor titular no Departamento de Ciência da Computação do Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo (USP), falará nas sessões do workshop sobre instrumentos de fomento da FAPESP que podem ser empregados por pesquisadores estrangeiros.

Serão destacados principalmente três instrumentos: Bolsa de Pós-Doutorado, destinada a cientistas muito promissores que tenham obtido o título de doutor há menos de sete anos; o programa Jovens Pesquisadores em Centros Emergentes, que possibilita a criação adequada de oportunidade de trabalho para jovem pesquisador ou grupo de jovens pesquisadores de grande potencial; e o São Paulo Excellence Chair (SPEC), que visa propiciar a vinda ao Brasil de pesquisadores de primeira linha do exterior para criar núcleos de pesquisa em universidades paulistas.

O conferencista no evento será Robert Langer, professor do Massachusetts Institute of Technology (MIT), cujas pesquisas levaram ao desenvolvimento de métodos para aplicação de medicamentos que permitem liberar as drogas no organismo humano em um período extenso. Langer foi o ganhador este ano do Queen Elizabeth Engineering Prize, no valor de £1 milhão.

Mais informações: www.nature.com/naturejobs/career-expo/event/naturejobs-career-expo-boston/

Agência FAPESP

Pin It