esteta banner 960

dauridiogo

Saúde

Pesquisa

A pesquisa sobre diagnóstico de dengue desenvolvida pela Fiocruz Pernambuco, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Paulista, obteve resultados preliminares que surpreenderam os investigadores. Entre os voluntários estudados, ao contrário da expectativa inicial, nenhum caso de dengue foi comprovado – apenas de chikungunya (50%), zika (13%) e indeterminados (37%). Um resultado importante, pois fez um registro do período final da epidemia de zika, a partir de maio de 2015 e do posterior crescimento dos casos de chikungunya, até maio de 2016.

diagnostico do câncer

Qualidade da comunicação influencia no envolvimento de paciente e familiares no tratamento

Comunicar um diagnóstico de câncer de mama à paciente é uma tarefa difícil, pois o profissional da saúde assume o lugar de um portador de má notícia. A comunicação é considerada pelos profissionais um dos aspectos críticos do ato diagnóstico, pois não é um processo linear, na medida em que implica vivências diversas, sinuosas, densas, complexas e, muitas vezes, ambíguas tanto para a paciente como para o médico. Dependendo do modo como esse processo se desenvolve, a comunicação pode resultar em vivências perturbadoras para quem recebe a notícia. Portanto, é fundamental que o profissional respeite a individualidade da paciente, pois a qualidade da comunicação está relacionada ao ajustamento emocional à doença e ao envolvimento da pessoa acometida e dos seus familiares no decorrer do tratamento.

Monica Malta

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que são registrados por dia no mundo mais de um milhão de casos de Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs). Isso corresponde a quase 360 milhões de novas infecções ao ano. Possuir uma IST como a sífilis ou gonorreia, por exemplo, aumenta consideravelmente o risco de se adquirir ou transmitir o HIV para parceiros (a) sexuais. Na gestação, a sífilis, leva a mais de 300 mil mortes fetais e neonatais ao ano no mundo. Segundo Monica Malta, pesquisadora do Departamento de Ciências Sociais da Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz) e do Centro de Saúde Pública e Direitos Humanos da Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health, que trabalha em pesquisas voltadas especialmente para a epidemiologia e prevenção do HIV/Aids em grupos mais vulneráveis, no Brasil, a situação é preocupante. Em 2015, foram registrados quase 66 mil casos de sífilis, sendo aproximadamente 33.400 casos em gestantes e 19.200 casos de sífilis congênita.

Escola Nacional de Saude Publica

A vigilância em saúde tem papel fundamental na identificação, resposta e controle às doenças e agravos em saúde, bem como monitoramento dos perfis de morbi-mortalidade. Em particular, a Vigilância Epidemiológica Hospitalar (VEH) foi instituída pelo Ministério da Saúde, em agosto de 2010, como forma de melhorar a vigilância em saúde, a partir da visão hospitalar, com aplicação de incentivos financeiros para implantação e manutenção dessa ação estratégica. A pesquisa da aluna de Mestrado Profissional em Saúde Pública da Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz), Maria Beatriz Ruy, orientada pela pesquisadora Maria Angélica Borges dos Santos, foi ao encontro desse tema e teve como objetivo avaliar a rede de núcleos de VEH, segundo modelos de vigilância e financiamento no Brasil entre 2008-2016. Os resultados do estudo apontam aumento do número de núcleos de VEH no período de 2014 a 2016, momento de mudança do modelo de vigilância, de sentinela para base populacional. "Isso aconteceu, provavelmente, em virtude de mais flexibilidade dos gestores locais em indicar os hospitais mais convenientes ou com maior necessidade de monitoramento”, disse a aluna.

Agenda Cultural

Workshops, palestras, seminários, conferências, congressos, shows, exposições e cursos na área Cultural

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
2
3
12
13
19
20
26
27
28
29
30
31

Parceiros

geralinks
linkirado atoananet