esteta banner 960

dauridiogo

Teatro

A Demencia dos Touros

Em cartaz até 29 de junho, “A Demência dos Touros” também aborda vulnerabilidade social e segregação urbana

Com direção de Ines Bushatsky e texto de João Mostazo, A Demência dos Touros, peça da Cia. Teatro do Perverto, apresenta aos espectadores um universo distópico, simbolizado por uma cidade murada onde um pequeno número de indivíduos tem permissão de morar. Todos os habitantes do local são homens e a grande maioria vive do lado de fora — atravessando o muro fortemente policiado somente para trabalhar. Em um meio tão homogêneo, aqueles que têm a audácia de assumir outra performance de gênero são duramente reprimidos e apelidados ardilosamente de “mudadas”, passando a sofrer com preconceito, opressão e outras dificuldades, dentre elas, a exclusão do mercado profissional.
Nesse contexto de segregação urbana criado na peça — muito semelhante ao que se vive atualmente —, instauram-se assuntos polêmicos como a vulnerabilidade social, a discriminação e o fetichismo de poder. “O objetivo da apresentação é provocar a reflexão sobre o lugar das pessoas trans na sociedade, fato não suficientemente conhecido nem discutido”, comenta Dodi Leal, mulher trans e dramaturga do espetáculo.

teatro

Uma intervenção de saúde que possibilita pacientes em semi-internação para tratamento de problemas psiquiátricos serem ouvidos e tratados, levando-se em conta as dimensões complexas do ser humano, é a proposta do Grupo Teatro e Saúde Mental. O projeto é mantido pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP) da USP e compõe a série de atividades do Hospital-Dia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, uma iniciativa vinculada à Pró-Reitoria de Cultura e Extensão da Universidade. Composto de oficinas e vivências com jogos teatrais, por meio dele desenvolve-se atividades pautadas na improvisação, cujos atores e participantes são pacientes portadores de transtornos mentais.

Nu de Botas

O espetáculo Nu de Botas, baseado em livro homônimo de Antonio Prata, reúne crônicas sobre passagens marcantes de sua infância. Com direção de Cristina Moura, que também assina a dramaturgia em parceria com Pedro Brício, a comédia estreia no Sesc Belenzinho, no dia 23 de junho (sexta, às 21h30).

Kleber Montanheiro

Até o dia 15 de julho, estão abertas as inscrições (grátis) para Iluminar - oficina criativa de cenografia, figurino e iluminação cênica com o diretor Kleber Montanheiro. Esta atividade é promovida pelo Teatro do Incêndio, cuja primeira edição aconteceu no primeiro semestre deste ano

Página 1 de 25

Agenda Cultural

Workshops, palestras, seminários, conferências, congressos, shows, exposições e cursos na área Cultural

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom

Parceiros

geralinks
linkirado atoananet