esteta banner 960

dauridiogo

Tecnologia

O sensor e o galpão experimental onde foram realizados as pesquisas, na Esalq, em Piracicaba: controle do sistema de climatização

Dispositivo pode beneficiar pequenos produtores e incrementar produção

 O ideal num sistema de produção de frangos é que os animais recebam proteção e conforto, liberdade de movimentos, água e alimento com qualidade e em quantidade suficientes, além de livre acesso a comedouros e bebedouros. Esse seria um ideal a ser perseguido nos galpões. Nem sempre isso é possível porque as condições de produção não são as mesmas, visto que também o contexto econômico dos produtores não é o mesmo.

O chip Sampa projetado para fazer a leitura de dados de detectores a gás, como o TPC e o Muon Chamber

Pesquisadores do Instituto de Física (IF) e da Escola Politécnica (Poli) da Universidade de São Paulo (USP), em colaboração com o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e o Instituto de Física Gleb Wataghin da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), estão desenvolvendo um microchip para ser usado em um dos experimentos do maior acelerador de partículas do mundo: o Grande Colisor de Hádrons (LHC, na sigla em inglês), da Organização Europeia para Pesquisa Nuclear (CERN), na Suíça.

Carro Elétrico

O segmento de veículos elétricos tem se colocado como uma opção promissora ao se pensar no futuro e novas demandas para a indústria automobilística global. As fabricantes de veículos automotores e fornecedoras de componentes têm reunido esforços na área de pesquisa e desenvolvimento (P&D) para a concepção e produção de veículos mais eficientes, menos poluentes e com menos impactos ao meio ambiente.

O dispositivo desenvolvido na FEEC: operando em frequências elevadas

Uma etiqueta para identificação de objetos por radiofrequência (RFID) aplicável em metais – utilizando uma abordagem original inclusive mundialmente – é o resultado da pesquisa de mestrado do engenheiro Manoel Vitório Barbin, orientada pelo professor Michel Daoud Yacoub, na Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação (FEEC). A tecnologia de RFID (Radio Frequency Identification) consiste no uso de etiquetas contendo um circuito eletrônico para armazenar informações que podem ser lidas à distância por um sistema associado. Já difundida em aplicações médicas, científicas e industriais, esta tecnologia se assemelha à do código de barras empregada em produtos do comércio, cuja diferença é a leitura óptica do número identificador, e não por radiofrequência.

Agenda Cultural

Workshops, palestras, seminários, conferências, congressos, shows, exposições e cursos na área Cultural

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom

Parceiros

geralinks
linkirado atoananet